Reflexos da alta-costura para o mundo

03/02/17 às 00:00 - Atualizado às 22:16 Por Ana Clara Garmendia | anaclaragarmendia@me.com
(foto: Ana Clara Garmendia)

Minha passagem pela Semana de Moda de Alta-Costura ainda vai render alguns textos por aqui.

A vida está corrida, dizem. Verdade, e o luxo é ter tempo, dizem também. Vou me dar esse tempo, essa possibilidade de abordar várias vezes os mesmos dias vividos e as influências captadas numa frenética semana abaixo de zero, quando a gente confunde a manhã com a noite, pois o dia é curto.

A moda é para gente fútil, dizem também. Prefiro a moda à guerra. Fico com a futilidade das causa ganhas do que a tristeza das perdidas. Sei que aqui não é lugar para isso, mas escrevo o que sinto e esse momento onde o mundo volta muitas casas, preciso expressar e mostrar como podemos fazer nossos looks um pouco mais alegres com pouco dinheiro.


Do luxo da alta-costura podemos tirar algumas boas ideias de maquiagem, cores e novas formas de usar roupas clássicas. Ficam aqui as imagens de Lily-Rose Depp, a filhota da Vanessa Paradis e Johnny Depp no desfile da Chanel – com o detalhe da purpurina na pele quase limpa e no nada de bijus.



Da modelo que sai do desfile de Jean Paul Gaultier com os cabelos soltos ao vento, cacheados (sim uma moda imperativa e hiperativa agora) com o detalhe da sombra colorida vermelha. Isso mesmo: sombra de uma só cor (tendência!)


E por fim, uma sempre eterna bota branca para fazer polêmica fashion. Usa ou não usa? Se for usar, use assim, como na foto, discretamente, cano curto, com tudo básico ou vá atrás das imagens da Courrèges, da década de 70 e literalmente copie! Semana que vem tem mais...

HASHTAGS

#ROSAPALIDO
#ROXOEVIOLETA
#PRETOCOMPLUMAS

ME SEGUE:
E-mail: anaclaragarmendia@me.com
Instagram: @anagarmendia
Periscope: anagarmendia
Snapchat: anagarmendia68

*********************************************

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop