Audiência na Justiça acaba sem acordo e greve de ônibus não termina em Curitiba

17/03/17 às 15:12 - Atualizado às 19:22 Redação Bem Paraná

Terminou sem acordo a aduiência de dissídio da greve de motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba. A audiência aconteceu no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR). Uma nova audiência foi marcada apenas para a próxima terça-feira (21).

A audiência desta sexta-feira (17) iniciou às 15h e pretendia negociar o fim da greve. Participam os sindicatos dos trabalhadores (Sindimoc), das empresas (Setransp), Urbs e Comec.

A greve acontece desde quarta-feira (15). O TRT havia definido que 50% dos ônibus deveriam circular nos horários de pico, e nos demais horários 40%.

Por descumprimento de percentuais mínimos de circulação dos ônibus, uma multa de R$ 100 mil, por hora de descumprimento de circulação mínima, foi aplicada ao Sindimoc.

A reivindicação por parte dos motoristas e cobradores, é de um reajuste de 15% sobre o piso salarial e elevação do vale-alimentação de R$ 500 para R$ 977. O sindicato patronal ofereceu repor tanto o salário como o vale-alimentação de acordo com a variação do INPC, que foi de 5,43%. 

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop