Cia Hiato traz atores amadores e profissionais

22/03/17 às 00:00 - Atualizado às 23:14

Como trazer para o reino da representação indivíduos e corpos que muitas vezes são excluídos dessa possibilidade? Como usar o acontecimento teatral e seus recursos – suas convenções, códigos, locais, gêneros e profissionais – a fim de readequar sua moldura, ou seja, aumentar o perímetro do que pode ou não ser colocado num palco? E ainda: como repensar o palco como um meio democrático, ao alcance de todos aqueles atraídos pela efemeridade da cena?

Essas são questões abordadas em “Amadores”, espetáculo da Mostra do 26º Festival de Curitiba, resultado da atual pesquisa da Cia. Hiato. Atores profissionais e artistas amadores de diversas áreas (selecionados através de anúncios em jornal ou oficinas públicas) se encontram em cena. O que começou como uma entrevista, em que cada um deles exibiu suas especialidades e seus “objetos de arte” chega ao palco como um compartilhamento de experiências pessoais que questionam nossa relação com a arte e como nosso desejo por ela pode revelar nossa história, nossos desejos e nossas falhas – a desesperança, o anseio pelo outro, a falta de pertencimento.

O espetáculo é um relato poético, mas também um manifesto artístico. Uma galeria de retratos vivos. Um passeio por histórias e contextos que poderiam nos separar, mas que se aproximam em cena. A Cia. Hiato retorna à cena com uma nova abordagem: deixa de lado o depoimento pessoal para olhar o outro.

SERVIÇO
Amadores
Teatro da Reitoria, 01 de abril às 21h e 02 de abril às 15h

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Festival de Curitiba
Blogs
Ver na versão Desktop