Motel de Brasília cria suíte inspirada na Lava Jato

28/03/17 às 18:14 - Atualizado às 21:03 Redação Bem Paraná com agências
(foto: Facebook)

A Operação Lava Jato vem fazendo história e muita gente está pegando carona nisso. O motel Altana, em Brasília, por exemplo, criou uma suíte com grades na porta e em volta da cama e fotos de presos ilustres e investigadores da força-tarefa espalhadas pelo quarto. 

Em um hall antes de chegar ao quarto, o cliente vê, além das grades, recortes de reportagens sobre a operação e fotos como a do ex-deputado Eduardo Cunha, preso em Curitiba. Também há imagens de personalidades como os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e o procurador Deltan Dellagnol, procurador da força-tarefa da Lava Jato.

A suíte estreou no motel há seis meses e tem sido um sucesso, segundo a empresa. O custo da diária varia de R$ 126  a R$ 156. A arquiteta que decorou o quarto, Cristiana Bertozzi, explicou, em entrevista ao jornal Folha de S Paulo as escolhas. “A nossa proposta era fazer uma cela sofisticada para que o ato de amor fosse dentro de ambiente especial, um fetiche, né.”

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop