Ambev lança água e reverte 100% do lucro para o semiárido brasileiro

05/04/17 às 00:00 Por Ceres Battistelli | cerestb@gmail.com
A AMA já está à venda nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro e online pelo Emporio.com. Até o fim do ano, chegará em todo o país (foto: Divulgação)

A Ambev acaba de lançar seu mais novo produto: a água mineral AMA, que terá 100% do lucro das garrafas de água revertido para projetos de acesso à água potável no semiárido brasileiro. A AMA já está à venda nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro e online pelo Emporio.com. Até o fim do ano, chegará em todo o país.

A verba investida pela cervejaria viabilizou obras para a perfuração de poços de água e a instalação de micro usinas de energia solar que diminuem consideravelmente o custo de distribuição da água. Depois que os projetos forem inaugurados, eles serão geridos pela própria comunidade.

A história da AMA
A AMA começou a nascer no fim de 2015, quando o time de sustentabilidade da Ambev deu início à busca por um novo projeto para expandir seus programas de preservação e uso consciente de água. Depois de reunir diversas áreas da empresa e fazer uma parceria com o Yunus Corporate Action Tank, promovido pela Yunus Negócios Sociais, que estimula as empresas a pensarem em negócios que já nascem para resolver um problema social, surgiu a ideia de criar uma água engarrafada que tivesse 100% dos lucros investidos no acesso à água potável.

Com o lançamento da AMA, a cervejaria contribui para que o sexto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU seja concretizado: garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos.

Empresa cria ligações para que animais consigam atravessar estradas
O grande avanço urbano sobre as áreas rurais e reservas ambientais traz consequências para a fauna local. Segundo estudo do CBEE (Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas), grupo de pesquisas com sede na Universidade Federal de Lavras-MG, quase 1,3 milhão de animais são atropelados por dia, apenas nas estradas federais. Este cenário agrava o risco de extinção de algumas espécies. Para reduzir os impactos negativos gerados por essas construções, é possível implantar as passagens de fauna, estruturas montadas para fazer a ligação entre os dois fragmentos de vegetação, possibilitando aos animais um trânsito seguro entre as duas áreas. O Grupo Eco&Eco criou recentemente, em São Paulo, uma passagem suspensa entre o Sítio Anhanguera e a Reserva Mutinga, trazendo mobilidade para saguis e esquilos. No período de 11 meses, entre 2013 e 2014, foram contabilizados cerca de 300 registros fotográficos de animais que puderam voltar a transitar por esse trajeto.

Formação fortalece política para as águas
O Ministério do Meio Ambiente (MMA), a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH) realizam, entre os dias 9 e 11 de maio, o V Encontro Formativo Nacional de Educação Ambiental para Gestão das Águas. O objetivo é fomentar discussões e reflexões que contribuam com o Processo Cidadão, evento preparatório no âmbito do 8º Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília, em março de 2018.

O público-alvo são presidentes de câmaras técnicas ou grupos de trabalho responsáveis por educação, capacitação, mobilização e comunicação social no Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH); servidores que atuam com educação nos órgãos gestores de meio ambiente e recursos hídricos estaduais e na Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (CIEA). As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas até o dia 23 de abril pelo site http://sinc.ana.gov.br

Chefs estimulam consumo de alimentos saudáveis
As aulas-shows da Sabores de Curitiba, programação especial da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento em comemoração aos 324 anos da capital, têm sido uma oportunidade única de chefs da capital terem um contato mais próximo da população e dividirem a experiência adquirida durante anos nas cozinhas de restaurantes. Desde o dia 27 de março, cozinheiros renomados vêm apresentando propostas inusitadas e saudáveis de pratos em feiras, Armazéns e Sacolões da Família, mercados e hortas da Prefeitura. No dia 8 de abril, ocorre a última apresentação. Os cozinheiros famosos também estão estimulando as pessoas a aproveitar 100% dos alimentos.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop