MishMash traz malabaristas, palhaços e até polvo gigante

Mostra do Festival de Curitiba se consolida como evento internacional de variedades para todas idades

07/04/17 às 00:00 - Atualizado às 21:04
MishMash: Este ano serão cerca de 20 artistas que têm como objetivo divertir adultos e crianças (foto: Divulgação)

Mágica, malabarismo, comédia, teatro e muito mais fazem parte do MishMash, a atração de variedades para a família do Festival de Curitiba, programada para os dias 8 e 9 de abril no ParkCultural do ParkShoppingBarigüi. É a única mostra do Festival de Curitiba que traz diversas atrações em um só espetáculo, embaladas com música ao vivo e diversas surpresas, num clima de circo contemporâneo. Este ano serão cerca de 20 artistas que têm como objetivo divertir adultos e crianças.

“Para a edição de 2017, não só vamos consolidar o formato do espetáculo que se mostrou um sucesso nos últimos dois anos, como vamos expandir ainda mais a experiência para o público desde a entrada até a saída, passando pelo formato de atendimento às mesas”, diz Rafael Barreiros, o Palhaço Alípio, curador do segmento, diretor e mestre de cerimônias. “Vamos aproveitar a rede de contatos que se intensificou de maneira internacional para trazer de forma inédita artistas de diversas partes do globo, além do time da casa que, experientes com o espetáculo, estão criando sempre novos números.”


AS ATRAÇÕES

Rafael Barreiros – o Palhaço Alípio (Curador, diretor e MC) e Milene Dias – a Palhaça Sombrinha (MC)
Desenvolve a pesquisa de palhaço há 17 anos, procurando estudar com os mestres do Brasil e do mundo. Em 2017 ele divide a função de mestre de cerimônias com a Palhaça Sombrinha. Seus números e intervenções são criados a partir do contato direto com o público e sua visão peculiar de mundo.

Ricardo Thomé – Malabarista, Músico, Mágico
Ricardo Thomé, um dos melhores malabaristas do Brasil, une carisma, música e várias técnicas do malabarismo (bolinhas, claves, argolas, chapéus) para apresentar ao público números de grande impacto técnico e visual, utilizando sempre o humor como meio de comunicação. Vem pesquisando os elementos circenses há mais de 10 anos, Este ano Ricardo Thomé propõe uma brincadeira musical com um instrumento inusitado. Será ele capaz de tocar os clássicos dos desenhos animados com garrafas cheias de agua?

Lauro Fernando Monteiro - Palhaço Confuso
Mister Lauro e Palhaço Confuso são a mesma personagem, divididas por um nariz de palhaço. Lauro Monteiro, o homem por trás da maquiagem, é um curitibano apaixonado pela vida no circo. Ao longo dos últimos onze anos, o artista se profissionalizou e hoje oferece aulas de artes circenses que incluem técnica de malabares, equilíbrio, acrobalance, básico aéreo, truques com facas, pirofagia e técnicas de palhaço. Em 2016, fundou a Respeitável Trupe, assessoria de artistas circenses que busca auxiliar artistas locais e promover espetáculos em Curitiba e região.

Banda MishMash - Trombone de Frutas
Um espetáculo multi-linguagem como o MishMash pede uma banda multilinguagem e versátil. Ninguém melhor que a banda curitibana “Trombone de Frutas” para impor o ritmo que, pelo terceiro ano consecutivo, estará com ouvidos e instrumentos atentos para tocar os mais variados ritmos e músicas e fazer do MishMash um espetáculo único e inesquecível.

Palhaço Tomate (Argentina)
Interpretado pelo comediante argentino Victor Tomate Avalos, o palhaço Tomate utiliza sua habilidade de criar personagens com balões para divertir a plateia com uma série de situações inusitadas. A linguagem simples e a interação com o público contribuem para o sucesso entre todas as idades. Internacionalmente reconhecido pela sua arte com balões, já percorreu 26 países como Argentina, Bélgica, Brasil, Chile, Espanha, França, China, Alemanha, Arábia, México, Colômbia, Venezuela e muitos outros.

Los Circo Los (Campinas) – Malabarismo e Humor
A partir de um encontro casual entre Rodrigo Mallet e Vitor Poltronieri, a Companhia Los Circo Los dava seus primeiros passos no ano de 2004, no distrito de Barão Geraldo, na cidade de Campinas, interior de São Paulo.A crescente dedicação às técnicas circenses possibilitou a união de interesses e contribuiu para o desenvolvimento da pesquisa do grupo que associa, desde sua fundação, carisma, alegria e diversão à busca de sua própria identidade, trilhando caminhos e aproximações entre a arte, a academia e a formação artística.

Diogo Alvares (Brasil / Europa) – Mágico e Hipnólogo
Ilusionista e Hipnólogo Brasileiro,nasceu em Florianópolis, Santa Catarina. Com 8 anos de idade teve o seu primeiro contato com o universo do Ilusionismo através de um livro de mágicas. Desde então, sua paixão pelo Ilusionismo e pela Hipnose cresceu cada vez mais. Diogo aprendeu vários truques e formulou o seu primeiro show de Ilusões e hipnose aos 14 anos para os amigos do bairro. Ao longo dos anos seguintes realizou shows em escolas, festas de aniversário, empresas, companhias multinacionais e em diversos outros lugares. ros de Manipulação, Ilusões e Hipnose.

Willian Kreff
Ex-ginasta, acrobata formado na escola de circo em Santos, suas especialidades são acrobacia (solo,dupla e grupo), parada de mão e malabares em geral.Trabalhou em diversos circos pelo Brasil em turnês nacionais, “Le Cirque” ,”Circo Fantástico”,”Vostok” entre outros. Também se apresentou em espetáculos de rua, shows de cabaré, eventos especiais e companhias de teatro.

MargreetNuijten
Graduada bailarina contemporânea em Codarts, Rotterdão, Holanda, é uma artista multidisciplinar. Trabalha com dança contemporânea, circo, musica além de compor usando teclado, acordeom e voz. Viajou o mundo apresentando em companhias de teatro e circenses, espetáculos de rua e eventos especiais na China, Europa e Brasil. Em 2016 também fez parte do elenco do show musical ‘’ O Banquete”, produzido pela Chaim Produções em São Paulo. Ela apresenta um numero de tecido em que canta ao vivo.

MishMash
ParkCultural (ParkShoppingBarigui).
Dia 8 às 20h e 9 de abril às 18h.
Inf: http://festivaldecuritiba.com.br/mishmash/

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Festival de Curitiba
Festival de Curitiba Viagem à raiz de Antígona
Blogs
Ver na versão Desktop