Gravuras de Francisco Goya chegam à Caixa Cultural

Exposição Loucuras Anunciadas será aberta ao público amanhã com 20 obras do artista espanhol

09/05/17 às 00:00 - Atualizado às 21:17

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 10 de maio a 2 de julho, a mostra Loucuras Anunciadas, do artista espanhol Francisco de Goya (1746-1828). A coleção, denominada também Disparates, reúne 20 gravuras e é uma edição póstuma da Academia de Belas Artes de Madri, que adquiriu estas pranchas em 1864. O ciclo que será apresentado em Curitiba é considerado o mais obscuro e complexo que Goya já fez.

O período em que as gravuras foram feitas não é preciso, de acordo com especialistas, devem ser de 1815 a 1820. Goya havia decidido não publicá-las por causa da perseguição aos iluministas na época.

O enigmático conjunto de gravuras são as últimas obras gráficas de Francisco de Goya. Disparates é uma série que revela visões, violência, sexo, deboche das instituições relacionadas com o regime absolutista, crítica aos costumes e ao clero. Hoje, haverá uma visita guiada com a curadora Mariza Bertoli, às 19h.

Além da exposição, o público terá a oportunidade de participar de diferentes atividades interativas, na Galeria Térreo. “Pensei em um espaço que gerasse inquietações e curiosidade. Os participantes estarão vivenciando, de fato, o exercício estético. O estético na arte é o que comove e a sua finalidade é colocar-nos na obra que está nos nossos olhos, promover um conhecimento sensível. Será uma experiência forte fotografar-se nestes cenários que são as gravuras aumentadas. Ver-se entre os loucos é inusitado. Valorizar a liberdade de não estar “ensacado”. Afinal, no início da mostra nos perguntamos: Pode-se anunciar loucuras?”, explica a curadora Mariza Bertoli.

Haverá duas grandes gravuras impressas para que as pessoas se fotografem diante das imagens. Para uma delas, haverá sacos, tais como na gravura original em exposição – Os ensacados (Los ensacados). A gravura remete à opressão, ao desespero e à própria sensação da surdez. Goya perdeu a audição aos 46 anos.

Também haverá acessórios e vestuários para que as pessoas se caracterizem e façam suas próprias produções para se fotografar. As gigantografias têm aproximadamente 1,8 x 2,75 metros.

Adultos e crianças poderão se fotografar abaixo de asas, como as de anjo. As asas remetem às da gravura O modo de voar (Modo de Volar), que integra a série, e apresenta vários homens alados.  Para que os visitantes se vejam por outras perspectivas, haverá máscaras e dois espelhos, um côncavo e um convexo.

SERVIÇO:
O quê: Exposição Sentença do Desassossego
Quando: até 27 de julho
Terça-feira a sábado, das 09h às 12h e das 14h às 18h
Onde: Solar do Barão/Gibiteca de Curitiba
(Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533)

Blogs
Ver na versão Desktop