Internauta chama Anitta de prostituta e ela responde

18/05/17 às 20:56 - Atualizado às 23:03

Na noite de quarta-feira, 17, em meio às confusões políticas no Brasil, Anitta fez uma declaração no Twitter em que dizia que estava rezando pelo País. Em seguida, foi questionada por um fã se era verdade que ela se candidataria à Presidência. Antes que a própria cantora pudesse responder, um usuário da rede social a ofendeu. "Larga de ser burro lógico que não... Só se for pra acabar ainda mais com nosso País.. Ela nada mais é que uma prostituta", escreveu. Anitta não deixou barato. "Se prostituir no Brasil não é ilegal. Uma prostituta pode ser mais honesta, estudada e competente que um adolescente machista e preconceituoso", rebateu.



Legista confirma que Chris Cornell cometeu suicídio

Chris Cornell, conhecido vocalista das bandas Soundgarden e Audioslave, morreu na noite de quarta-feira (17), em Detroit (EUA), aos 52 anos. O médico legista que analisou o corpo do artista confirmou ontem aquilo de que a polícia já suspeitava: Cornell cometeu suicídio. Segundo o porta-voz da polícia de Detroit, Michael Woody, um amigo ligou para a emergência ao encontrar o músico desacordado em um quarto de hotel. Quando a equipe médica chegou ao local, Cornell já estava morto. A polícia afirma que o amigo teve de forçar a porta do quarto do músico. Ao entrar, encontrou-o morto, com uma faixa ao redor do pescoço. Cornell tornou-se um ícone do grunge com a banda Soundgarden, formada em Seattle, sua cidade natal, nos anos 1980. O grupo ganhou destaque no início da década de 1990, ao lado de bandas como Nirvana, Alice in Chains e Pearl Jam. Após uma pausa com o Soundgarden, ele alternou carreira solo e outros projetos, como o Audioslave. De 2010 para cá, o Soundgarden estava reunido novamente para trabalhos e turnês. Neste mês, o grupo tinha shows marcados em diversas cidades dos EUA.


'Chocado e triste', escreveu Elton John sobre morte de Chris Cornell

A repentina morte do cantor Chris Cornell aos 52 anos nesta quarta-feira chocou músicos e colegas. Em sua conta pessoal, Elton John escreveu no Twitter que está "chocado e entristecido pela repentina morte de Chris Cornell. Um ótimo cantor, compositor e adorável pessoa." O guitarrista da banda Aerosmith lamentou a morte de Cornell no Twitter. "Uma triste perda de um grande talento para o mundo, amigos e família. Descanse em paz." Vocalista do grupo Kiss, Paul Stanley afirmou no Twitter que está chocado com a morte. "Perda da música. Mais ainda, sua família perdeu um pai e um marido. Descanse em paz." 
Jimmy Page, ex-integrante da banda Led Zeppelin, também prestou homenagem no Twitter. "Descanse em paz Chris Cornell. Incrivelmente talentoso. Incrivelmente jovem", escreveu. O baterista americano e ex-integrante da banda de rock The Smashing Pumpkins, Jimmy Chamberlin prestou homenagem no Twitter e escreveu "tão triste pela morte de Chris Cornell. Realmente, um dos maiores cantores da nossa geração e uma amável alma. Sentimentos para os entes queridos."


Famosos que têm fotos com Aécio são atacados redes sociais

Desde que veio à tona a notícia do envolvimento de Aécio Neves em um esquema de propina, diversos famosos que apoiaram sua candidatura à presidência em 2014 foram atacados nas redes sociais. Alguns resolveram deletar as fotos com o senador -o apresentador de TV Luciano Huck, o atacante Neymar e a cantora Wanessa Camargo, por exemplo, fizeram isso. Outros, como o ex-jogador Ronaldo, mantiveram os registros. Ronaldo até exalta a amizade com Aécio e recebeu duras críticas. Além dele, o cantor Rogério Flausino (J.Quest), o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt e a cantora Fafá de Belém mantiveram os registros, mesmo tendo feito postagens lamentando todo o escândalo.


“Pé frio”, Mick Jagger chega a SP em meio a tragédia política

Ele tem fama de pé frio e não é pra menos. Vira e mexe, quando Mick Jagger chega a algum lugar, acaba testemunhando - ou influenciando, como dizem as cômicas teorias da conspiração - algum insucesso. Em seu currículo, geralmente entram experiências relacionadas ao mundo do esporte, mas desta vez foi diferente: tem a ver com política. O vocalista dos Rolling Stones pisa em solo brasileiro no momento em que acaba de estourar mais uma tragédia na política do país: a divulgação de um áudio que sugere o aval do presidente Michel Temer a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e de Lúcio Funaro, um dos operadores da Operação Lava Jato. O astro do rock está em São Paulo desde o dia 16 para comemorar o aniversário de Lucas, seu filho com Luciana Gimenez, que completou 18 anos ontem. A informação é da coluna Olá, do jornal "Agora", assinada por Fernando Oliveira, também colunista da Folha de S.Paulo. A assessoria de imprensa da apresentadora diz apenas que o cantor vai passar o aniversário com o filho, sem confirmar se ele já está por aqui ou não.


Níver do dia

José Luiz Datena
apresentador de TV
60 anos

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop