Curitiba vira a terra dos barbudos. E das barbudetes

Mercado cresce 40% ao ano na Capital. Neste final de semana evento reúne adeptos do estilo

18/05/17 às 22:00 - Atualizado às 11:36 Rodolfo Luis Kowalski
Barbearia Visconde, em Curitiba: todos os dias tem novos clientes aparecendo (foto: Franklin de Freitas)

O tradicional hábito de expor o pescoço “espumado” à navalha afiada se reinventou e está em franca expansão em Curitiba. Anualmente, o mercado de barbearias tem crescido cerca de 40% na Capital e nem mesmo a crise econômica foi capaz de frear essa expansão, ao ponto de a cidade ser considerada hoje a “terra dos barbudos”, a frente de outras capitais referências como Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte.

Para celebrar esse “boom” do mercado curitibano e unir ainda mais a comunidade de barbudos e barbudetes (as mulheres que defendem o uso da barba), a cidade recebe amanhã, na UpSide GastroBar (Av. Sete de Setembro, 680, Alto da XV), o “Encontrão Barbudos Online”. O evento, que terá início às 9 horas e se estenderá até as 2 horas da madrugada de domingo, promete reunir mais de 300 pessoas — o dobro do público estimado pelos organizadores inicialmente.
Segundo Alessandra Alkmim, proprietária da marca Barbudos Online, a ideia do “Encontrão” é reunir a comunidade barbudos e barbudetes não só de Curitiba, mas também do interior do Paraná, do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Hoje, a comunidade do Barbudos Online conta com aproximadamente 250 mil seguidores, dos quais 6 mil são de Curitiba. A ideia, porém, é triplicar o número de seguidores na cidade depois do evento.
“Hoje, os estados com maior destaque no país são Paraná e Rio Grande do Sul, e especialmente Curitiba e Porto Alegre, as duas capitais com maior número de homens com barba, seguido por São Paulo e Belo Horizonte. E a capital paranaense tem um potencial muito grande”, afirma a empresária, destacando a evolução do setor.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop