Aprendendo com Brigitte Macron, primeira-dama da França

19/05/17 às 00:00 - Atualizado às 22:06 DE PARIS | Ana Clara Garmendia | anaclaragarmendia@me.com | Instagram @anagarmendia | Periscope anagarmendia | Snapchat anagarmendia68

A nova primeira-dama da França Brigitte Macron é uma das mulheres mais comentadas da internet e do mundo. Dedico meu espaço hoje para ela. Talvez alguns fatos que vocês ainda não saibam. A ex-professora e hoje esposa do recém-eleito presidente francês, Emmanuel Macron, tem vestido oficialmente a marca francesa Louis Vuitton, mas isso não quer dizer que ela não vista marcas mais baratas. Veste sim. Usa tênis, calça jeans e brincos de 24 euros ( ou seja, cerca de 80 reais). Brigitte entra no Elysées como uma mulher revolucionária. Mais velha que o marido. Bem mais, mas não menos amada. O povo tá publicando geral também : enfim um casal que se ama. Algumas criticam as saias de Brigitte. Acham curtas demais. Aprendamos com ela ( já fiz post também eu nas minhas mídias) a sermos seguras ao lado de não importa quem e a mostrar nossos corpos como bem entendemos. A maturidade não é uma doença que afasta os homens. Ela é um imã que atrai os que buscam paz, amor, maturidade nas relações. Não que as novas não possam ser amadas. Existe lugar para todas. Brigitte fala com o marido a sós. Deixa claro que o que é entre eles, fica dentro de casa. Tem vídeos mostrando isso.
Ela o cuida para que ele não coma porcarias ( um exemplo ). Nada daquela mania de dizer “ah , não cuide muito do seu homem. Ele pode arrumar outra”. Se ele arruma, é por que não rolava a relação, por que ele não curtia a mulher, por que ele não tinha dignidade de acabar e ir em busca de uma vida nova, sem sair da antiga. Enfim, sejamos mais Brigitte e menos conformadas com as convenções. Dancemos no ritmo dos novos tempos e ventos que sopram na república francesa.


A nova ética

Ela chega ao Elysées no dia da posse do marido sozinha. Prestes a se tornar a primeira-dama da França, a roupa escolhida foi um tailleur azul, novamente da Louis Vuitton. A cor lembra a de roupas usadas por outras primeiras-damas como Jackie Kennedy e Melania Trump. A saia curta demais ? Nada disso. Brigitte tem pernas perfeitas e segura a onda com alegria e elegância. O que vale é a atitude e não as convenções. Ela não se atém a elas.


Como todas

Para acompanhar o marido nas andanças de campanha, um trio infalível : jeans, blazer e tênis. A proposta é ser ela mesma. Sempre alegre e apoiando o boy magia com quem é casada.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Novas Modas
Novas modas Um vestido e um amor
Blogs
Ver na versão Desktop