Credibilidade é tudo em vendas

23/05/17 às 00:00 Desmar Milléo Júnior | milleo@milleo.com.br

Há algum tempo notei que não estava enxergando muito bem. Como já uso óculos e a última troca foi há dois anos, achei que o grau estava fraco.
Então, marquei hora no meu oftalmologista e fui fazer uma consulta, onde confirmei que meus óculos estavam realmente fracos. De posse da nova receita segui para minha ótica favorita, onde sempre faço meus óculos. Não sou cliente daquela ótica somente pelo preço, mas sim por causa da qualidade do serviço e atendimento, principalmente porque há anos atrás tive problemas com lentes de outras óticas, que eram mais baratas e consequentemente de má qualidade.
Chegando à ótica fiz o orçamento para troca das lentes. A vendedora me mostrou a última geração em lentes, uma do tipo que não quebra nem que o carro passe em cima, anti-reflexo, etc. Bom, escolhida a lente, ela me passou o orçamento e eu segui para outra ótica, indicada por um amigo, para pesquisar, afinal o mercado apresenta várias opções para atender as nossas necessidades. Hoje é difícil se manter fiel a um fornecedor.
Nesta outra ótica, fui atendido pelo próprio proprietário, pois se tratava de um estabelecimento pequeno. Logo que apresentei a receita, o senhor disse que conhecia o meu médico e começou a partir daí, fazer um bom e atencioso atendimento. O dono não sabia muito em relação ao preço, o que é uma grande falha, pois ele antes de qualquer outra pessoa deve ter pleno conhecimento do produto que está comercializando, servindo de exemplo para os seus funcionários. Como a única vendedora estava terminando de fechar a conta de outro cliente, o dono da loja ficou conversando comigo. Quando ele falou o preço da lente eu quase caí de costas, era simplesmente 50% a mais que a minha ótica antiga. Fiquei chocado, disse que estava muito caro. Então, ele chamou a vendedora para justificar o preço exorbitante. Como não conseguiu me convencer, o dono disse que cobriria o primeiro orçamento. A essa altura já não adiantava mais, ele já tinha perdido toda a credibilidade. Simplesmente não acreditava em mais nada do que ele falava, principalmente em relação a óculos e lentes. Aquele senhor demonstrou que além de não conhecer os seus produtos, também não conhecia a concorrência, ao praticar preços tão discrepantes. Conclusão: voltei para minha antiga ótica.
Independente de preço, acredito que bom atendimento faz uma enorme diferença quando vamos a algum estabelecimento comercial, mas os vendedores precisam saber que não estamos loucos nem perdidos neste mercado, que a maioria das pessoas pesquisam e buscam as melhores opções, aliando isto a melhor qualidade. Simplesmente cobrir o preço do concorrente, não devolve a credibilidade conquistada no bom atendimento!!!

Um grande abraço e boa semana.

#treinamentoscomjogosdenegocios&palestrasdemetasevendas
Desmar Milléo Junior, Autor do Livro: “Apenas Boas Intenções Não Bastam”, Palestrante nas áreas motivacional, comportamental e vendas.Treinamentos com Jogos de Negócios & Simuladores.  SITES: www.milleo.com.br & www.visionbusinessgame.com.br

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop