Agenda de shows internacionais em Curitiba está cheia

Saímos do limbo das agendas internacionais e não tem ninguém reclamando

15/06/17 às 22:00 - Atualizado às 13:36 Augusto Tortato e Adalberto Juliatto | contato@curitibacult.com.br | www.curitibacult.com.br
Tenores italianos Il Volo são uma das atrações que chegam a Curitiba (foto: Divulgação)

Parece que Curitiba saiu do limbo e voltou a receber shows internacionais em 2017. O primeiro semestre veio com tudo e soltou um aviso: se preparem para o segundo.

Já nos primeiros meses Curitiba recebeu nomes que vão do pop até o rock: Dulce Maria, Steve Vai, Korn, Dire Strits Legacy, Elton John e James Taylor, Midnight Oil e Ed Sheeran.

Na última semana tivemos a confirmação de Green Day que vem à capital em novembro, para show no palco da Pedreira Paulo Leminski. A banda de punk rock se junta ao batalhão de artistas que já tem datas marcadas para o final de 2017.

Setembro chega com nomes de peso e apresentações que prometem marcar os dias dos curitibanos. No dia 14, no Estádio Couto Pereira, a banda Maroon 5 chega para única apresentação fora do Rock in Rio. O grupo comandado por Adam Levine será recebido por um público de mais de 40 mil pessoas. Os últimos ingressos estão à venda a partir de R$190.

Seguindo os passos do Rock In Rio, a Live Curitiba recebe The Cult + Alter Bridge, no dia 19. Segue para Pet Shop Boys no dia 21 e termina com Alice Cooper no dia 23.

Dando um respiro no rock, o trio de jovens tenores italianos Il Volo retorna ao Brasil para a nova turnê Uma Noite Mágica, Tributo aos Três Tenores que estreia em Curitiba no dia 19 de setembro, no palco do Teatro Guaíra.

Terminando o mês movimentado, Aerosmith retorna a capital onde faz show na Pedreira Paulo Leminski, no dia 27 de setembro. Os ingressos estão à venda a partir de R$220.

Em outubro, o charmoso John Mayer vem pela primeira vez a Curitiba com a turnê “The Search For Everything”, onde se apresenta no palco da Pedreira Paulo Leminski, no dia 22 de outubro. Os ingressos já estão à venda a partir de R$200.

Encerrando — pelo menos até agora - a agenda de shows internacionais confirmados, a banda sinfônica finlandesa “Apocalyptica” apresenta na íntegra o aclamado álbum `Plays Metallica by four Cellos´ e mais sucessos do Metallica.

Os show acontece no dia 24 de novembro, na Ópera de Arame.

Curitiba voltou as agendas internacionais e olha, ninguém está reclamando por aí. E a dica que o Curitiba Cult dá é: continuem guardando dinheiro – se isso for possível – porque 2018 esta chegando.


Baywatch e Tudo e Todas as Coisas são as grandes estreias da semana

Os cinéfilos receberam nesta semana duas opções diversificadas para se entreter: Baywatch e Tudo e Todas as Coisas, ação com humor adulto envolvendo salva-vidas e um romance adolescente que supera barreiras com um teor dramático.
Baywatch se baseia na série de mesmo nome dos anos 90. Aqui os protagonistas são Dwayne Johnson e Zac Efron, dois salva-vidas que precisam trabalhar juntos a contragosto para derrubar uma operação ilegal na região. A trama é bastante exagerada, seguindo a risca ao original, porém se perde ao escolher o caminho errado. Poderia ser um grande filme de comédia adulta para não ser levado a sério, o que acontece em alguns momentos, porém prefere embarcar numa ação clichê que acaba transformando tudo em irregularidade.

Tudo e Todas as Coisas é uma adaptação do livro homônimo e conta a história de uma adolescente (Amandla Stenberg) que sofre de uma grave doença que a impede de sair de casa, porém tudo muda quando um enigmático rapaz (Nick Robinson) aparece em sua vida. O filme se mantém numa zona de conforto, sabendo andar pelas nuances de romance e drama sem exagerar. É o exemplo típico de produção focada naqueles que amam melodramas, casais e luta contra o improvável; e analisando unicamente dentro deste estilo, é um grande acerto.


CINEMA

Filmes sobre mulheres da periferia encerra Olhar de Cinema

Após nove dias de festival, o encerramento do 6º Olhar de Cinema ficou por conta do filme Baronesa, de Juliana Antunes. Se o festival abriu essa edição com A Família (Gustavo Rondón) - que narra a trajetória de pai e filho que vivem em situação de vulnerabilidade - um paralelo perfeito para o encerramento é Baronesa. O longa, que levou no início do ano o Troféu Barroco da 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes, apresenta a realidade da periferia de uma grande metrópole brasileira a partir da perspectiva feminina, e explora os medos, ambições e perspectivas de vida de mulheres fortes que estão à mercê da violência de sua comunidade.


Biquini Cavadão lança novo álbum em Curitiba

O Biquini Cavadão está com CD novo “As Voltas que o Mundo Dá” e fará show de lançamento do disco em Curitiba, no dia 17 de junho (sábado), no Teatro Positivo. No palco, as novas canções se unem aos sucessos, conquistados ao longo de 30 anos, e com direito a um inédito set acústico. Os ingressos estão à venda a partir de R$65.
O CD “As Voltas que o Mundo Dá” apresenta um Biquini renovado. Com composições inéditas e letras que retratam suas vivências, conquistas e derrotas no âmbito pessoal e profissional, Bruno, Coelho, Miguel e Álvaro, buscam compreender a vulnerabilidade da vida, das alegrias, de um novo amor, de uma separação ou até mesmo de uma tragédia. Sempre se reinventando, chamaram o lendário produtor Liminha para produzir o CD.


0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop