Veículo atropela pedestres em Londres e deixa feridos; uma pessoa foi presa

19/06/17 às 00:03 Folhapress
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um veículo avançou sobre pedestres neste domingo (18) na região norte de Londres, deixando diversas pessoas feridas. Um homem foi preso, segundo a polícia metropolitana de Londres. Líderes muçulmanos afirmam que fiéis foram atingidos quando deixavam a mesquita. Testemunhas relataram que uma van avançou sobre uma multidão na área próxima Finsbury Park, onde vivem muitos imigrantes. Segundo a Sky News, ao menos dez pessoas foram atingidas pelo veículo. Não há até o momento informações sobre mortos ou se o atropelamento tem ligação com terrorismo. Policias receberam o chamado da ocorrência à 0h20 local (20h20, no horário de Brasília) e fecharam a área, onde há uma sede da Igreja Universal do Reino de Deus (UCKG, na sigla em inglês). MESQUITA Segundo o Conselho de Muçulmanos, a organização representativa de muçulmanos britânicos, os atropelamentos ocorreram em frente a uma mesquita. "Fomos informados de que uma caminhonete teria avançado contra fiéis quando eles deixavam a mesquita de Finsbury Park. Oremos pelas vítimas", tuitou. Em pleno período do Ramadã, os muçulmanos praticantes chegam à mesquita depois do Iftar, nome dado à refeição feita ao anoitecer, que marca o final do jejum. Uma oração é feita em torno de meia-noite. A mesquita fica perto da Seven Sisters Road e já foi um centro conhecido por ter islamitas radicais, mas mudou completamente sob nova administração. Seu antigo imã, Abu Hamza, foi preso em Nova York, acusado de terrorismo em 2015. Ele pregou nessa mesquita de 1997 a 2003, antes de ser preso por incitar a violência. Mais tarde, ele foi extraditado para os EUA. Em 2015, a mesquita foi uma de cerca de 20 que participaram de um dia organizado pelo conselho muçulmano britânico para promover uma melhor compreensão do islã após ataques extremistas em Paris. Apesar da mudança de liderança e do novo foco nas relações com a comunidade, a mesquita recebeu uma série de e-mails e cartas ameaçadoras na sequência dos ataques de Paris. Uma testemunha relatou à BBC o que viu: "Da janela, comecei a ouvir muitos gritos, estava um caos lá fora. Todo mundo estava gritando: 'Uma van atropelou pessoas, uma van atropelou pessoas'. Havia uma van branca parada do lado de fora da mesquita de Finsbury Park que parecia ter atingido pessoas que estavam saindo depois que as orações terminaram. Eu não vi o agressor, embora ele tenha sido preso, mas eu vi a van". Londres está sob tensão. Nos últimos três meses a cidade foi palco de dois ataques terroristas, reivindicados pela facção extremista Estado Islâmico, e que deixaram dez pessoas mortas.
0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop