Jovem mata o namorado ao gravar vídeo para o YouTube

01/07/17 às 17:19 - Atualizado às 17:25 Redação Bem Paraná com agências online
(foto: Reprodução/Youtube/Monalisaperez)

A jovem Monalisa Perez, de 19 anos, está sendo acusada de homicídio após atirar em seu namorado, Pedro Ruiz, durante a gravação de um vídeo para o YouTube. A jovem alega que, pelo fato de o rapaz de 22 anos estar segurando um livro, acreditou que a bala não o atingiria. Ele, porém, faleceu após ser baleado no peito.

A cena, transmitida peo YouTube Live, foi assistida pela filha de três anos do casal e cerca de 30 pessoas. A tia da vítima, inclusive, revelou ao canal WDAY-TV que o sobrinho havia lhe contado que eles fariam a brincadeira "porque queriam mais seguidores, queriam ficar famosos".

No vídeo, o casal utilizou a versão calibre .50 da Magnum Desert Eagle, um modelo que aparece com frequênciaa em filmes e jogos de videogame. Segundo o xerife responsável pelo caso, trata-se de uma "arma muito forte", que em sua versão .50 provoca um forte coice a cada tito. Inclusive a Cabela's, tradicional empresa norte-americana especializada na venda de armamentos, descreve a arma como "uma das mais poderosas do mundo" em sua categoria.

Claudia Ruiz, tia do rapaz morto, afirma ter recomendado aos jovens que não fizessem a brincadeira. Ela ainda garantiu que seu sobrinho e a jovem de 19 anos estavam apaixonados e se amavam, afirmando que o episódio "foi apenas uma brincadeira que deu errado".

3 Comentários

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Sergio Almeida Lenzi
Bom pelo menos a MOÇA descobriu que uma DESERT EAGLE atravessa algumas folhas de PAPEL...
Iran Carneiro
QUER APARECER, COLOCA UMA MELANCIA NO PESCOÇO, VAI APARECER NO INFERNO. OU NA TV.
Adriane Werner II
Faltou uma informação importante... Onde???
Blogs
Ver na versão Desktop