Orkut reaparece, mas não é o mesmo da Google

13/07/17 às 00:00 Ana Ehlert – ana@bemparana.com.br

O rede social Orkut deixou de funcionar em 2014, mas até abril deste ano, as pessoas tinham acesso às comunidades da rede. No entanto, ontem começou a circular na internet uma réplica da falecida rede social no endereço orkit.li. A dica para os saudosistas é cuidado. A dita página, segundo especialista, tem procedência duvidosa. 

O primeiro ponto suspeito é que a página não tem nada a ver com o Google, empresa que mantinha a rede social. A companhia negou publicamente estar associada a iniciativa de reativar o Orkut. Além disso, o navegador Chrome emite um aviso de que se trata de um site não confiável e que, portanto, pode haver o roubo de informações pessoais, como senhas, números de telefones ou cartão de crédito.

O mantenedor do site também não aparece. Ao usar o serviço de identificação se constanta que a página está registrada no nome de um brasileiro, localizado na Avenida Paulista, em São Paulo. O endereço orkut.li foi registrado em agosto de 2006. Analista de segurança afirmou que a página não está distribuindo malware.

Mercado
A audiência dos sites da Editora Abril somou 90,5 milhões de visitantes, de forma que 17 de seus 25 sites tiveram crescimento. Entre eles, M de Mulher (17,4 milhões), Veja -Rio (6,9 milhões) e Capricho (1,7 milhão) foram os que mais avançaram em números de usuários, aumentando 6%, 126% e 13%, respectivamente, a audiência no último mês, em comparação com maio. Junto ao M de Mulher, Veja (19,5 milhões) e Exame (19,3 milhões) foram os mais visitados de junho. Os dados são do Google Analytics, que também revela que Casa, Claudia, Estilo, Minha Caas, Quatro Rodas, Saúde e Veja Rio conseguiram o melhor desempenho histórico de audiência.


Biblioteca de Apps

Para viajar
A fim de conectar condutores que fazem viagens de longa distância a passageiros que vão para o mesmo destino, a BlaBlaCar já promoveu o compartilhamento de 1 milhão de assentos no primeiro ano no Brasil. O aplicativo criou uma comunidade segura e de confiança, com perfis completos dos seus participantes – que podem ser avaliados após a viagem. Presente em 22 países e com mais de 40 milhões de usuários em todo o mundo, a plataforma permite ainda que os usuários declarem se são “Bla”, “BlaBla” ou “BlaBlaBla” de acordo com sua disposição em conversar durante a viagem. www.blablacar.com.br


Bizarro na rede

Nas alturas
Salto de madeira e couro. Modelo não parece muito confortável, mas há gosto pra tudo

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop