Coritiba muda o esquema tático e goleia em Floripa

13/07/17 às 22:57 - Atualizado às 09:07 Silvio Rauth Filho
Jogadores comemoram o primeiro gol do Coritiba no jogo (foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba venceu por 4 a 1 o Avaí, nessa quinta-feira (dia 13) à noite, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Coxa ficou na 10ª colocação, com 19 pontos, apenas um ponto abaixo do G6 (a zona de classificação para a Libertadores). A equipe catarinense afundou na zona de rebaixamento, em 19º lugar, com 12 pontos.

Antes do início da rodada, o Coritiba tinha o maior jejum da edição 2017 do Brasileirão, com sete partidas sem vencer (empatado com São Paulo e Bahia). Agora, o time paulista está isolado nessa marca negativa, com oito jogos de jejum.

Já o Avaí vinha de três partidas seguidas sem derrotas. Como mandante, porém, a equipe catarinense soma apenas uma vitória nos últimos oito jogos.

NOVO ESQUEMA
O técnico Pachequinho modificou o esquema tático do Coritiba. Nos jogos anteriores, ele vinha utilizando o 4-4-2, com Anderson (direita) e Rildo (esquerda) como meias abertos (extremos). Kleber e Henrique Almeida eram os dois atacantes centralizados. Contra o Avaí, a novidade foi Henrique Almeida no banco e Iago Dias como titular. Com essa mudança, o time foi alterado para o 4-2-3-1. Os três meias ofensivos eram Iago (direita), Anderson (centro) e Rildo (esquerda).

DESEMPENHO
O novo esquema melhorou a força ofensiva do Coritiba pelos lados do campo e corrigiu a fragilidade defensiva da equipe, que tinha problemas na marcação no meio-campo e nas laterais.

PACHEQUINHO
O técnico Pachequinho completou 26 jogos pelo Coritiba em 2017, agora com 13 vitórias, 6 empates e 7 derrotas.

ESCALAÇÃO
O Coritiba não tinha Werley, William Matheus, Alan Santos, Tiago Real e João Paulo. Já o Avaí não tinha o centroavante camaronês Joel e utilizou novamente o 4-2-3-1.

IAGO LESIONADO
Já com seis minutos de jogo o ponta Iago Dias saiu lesionado. Entrou Neto Berola. O esquema tático não foi alterado.

PRIMEIRO TEMPO
Com o novo esquema, o Coritiba teve facilidade para atacar pelas pontas e fortaleceu o sistema de marcação. O Avaí tinha a bola parada dos veteranos Marquinhos (ex-Paraná e Coritiba) e Juan (ex-Coritiba) como principal arma. E Neto Berola foi o grande nome do primeiro tempo. Aos 9 minutos, ele sofreu pênalti. Kleber cobrou e fez 1 a 0 para o Coxa. O time catarinense empatou em 1 a 1 aos 18, em cobrança de falta de Marquinhos. A equipe paranaense virou para 2 a 1 um minuto depois, em bela jogada de Neto Berola para finalização de Rildo. Depois disso, o Coxa conseguiu amarrar o jogo.

SEGUNDO TEMPO
Os dois times tiveram menos intensidade física no segundo tempo e o jogo ficou lento. O Coritiba melhorou a marcação e anulou as principais jogadas do adversário, mas teve dificuldades para contra-atacar. A partida não teve boas jogadas ofensivas no segundo tempo. Os melhores momentos foram três cobranças de falta de Carleto.

BEROLA LESIONADO
Aos 25 do 2º, Neto Berola saiu lesionado. Entrou o volante Edinho. Aos 30 do 2º, foi a vez de Kleber Gladiador ser substituído por Henrique Almeida.

BOLA PARADA
O Coritiba chegou ao terceiro gol aos 31 minutos. Carleto cobrou falta com uma bomba. O goleiro rebateu mal e Rildo aproveitou: 3 a 1. O quarto gol saiu aos 47. Galdezani fez boa jogada e tocou para Henrique Almeida fuzilar.

ESTATÍSTICAS
O Coritiba teve 9 finalizações (2 certas), 37% de posse de bola, 3 escanteios e 67% de precisão nos passes e lançamentos. O Avaí somou 9 finalizações (8 certas), 6 escanteios e 82% nos passes e lançamentos. Os dados são do WhoScored.

AVAÍ 1 x 4 CORITIBA
Avaí: Douglas; Leandro Silva, Betão, Alemão e Capa (João Paulo); Simião, Judson (Lucas Otávio), Rômulo (Willians Santana), Marquinhos (Pedro Castro) e Juan; Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira
Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia, Márcio e Carleto; Jonas, Galdezani, Iago Dias (Neto Berola, depois Edinho), Anderson e Rildo; Kleber (Henrique Almeida). Técnico: Pachequinho
Gols: Kleber (10-1º), Marquinhos (18-1º) e Rildo (19-1º e 31-2º), Henrique Almeida (47-2º)
Cartões amarelos: Judson (A). Márcio, Anderson (C).
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Local: Ressacada, em Florianópolis

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
9 – Neto Berola invade a área e é derrubado por Judson. Pênalti.
10 – Gol do Coritiba. Kleber bate à direita do goleiro, que cai para a esquerda.
12 – Marquinhos cobra escanteio. Alemão cabeceia ao lado.
17 – Rômulo entra livre na ponta-direita, invade a área e chuta. Wilson faz grande defesa.
18 – Gol do Avaí. Falta na linha de fundo. Marquinhos bate direto e marca.
19 – Gol do Coritiba. Neto Berola invade a área e cruza rasteiro. Rildo chuta no canto.

Segundo tempo
8 – Falta de longa distância. Carleto chuta forte. O goleiro espalma.
19 – Falta perto da área. Carleto chuta forte. O goleiro espalma.
25 – Bom passe em profundidade. Simeão entra na cara do gol e chuta. Wilson faz boa defesa.
31 – Gol do Coritiba. Falta de média distância. Carleto solta a bomba. O goleiro rebate mal. Rildo aproveita o rebote na área e cutuca para o gol.

47 - Gol do Coritiba. Galdezani faz boa jogada e toca para Henrique Almeida, na área. Ele chuta cruzado, no canto.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop