Grupo protesta durante casamento da deputada Maria Victoria. VIDEO

14/07/17 às 18:46 - Atualizado às 21:24
Manifestantes no Largo da Ordem na noite desta sexta-feira (14) (foto: Reprodução de vídeo)

Um grupo de manifestantes faz um protesto na noite desta sexta-feira (14) no Largo da Ordem, em Curitiba, onde se casa a deputada estadual Maria Victoria Borghetti Barros com o advogado Diego da Silva Campos. Cerca de 200 pesoas se concentram na frente da Igreja da Ordem, onde a cerimônia estava marcada para começar às 18h45, e depois seguiram para a frente do Palácio Garibaldi, também no Largo da Ordem, onde estava marcada a recepção.

Houve gritos de ordem durante toda a cerimônia religiosa. Quando os convidados tentaram sair da Igreja do Rosário para subir o Largo da Ordem rumo ao Palácio Garibaldi, acabaram hostilizados. Policiais se posicionaram em frente à Igreja e ao Palácio. Muitas coisas foram arremessadas – inclusive ovos. A fachada da igreja e a calçada na frente ficou uma sujeirada. A noiva saiu chorando da igreja, às 20h50.

Os manifestantes também protestaram em frente ao Palácio Garibaldi. Segundo testemunhas, às 21h10 os noivos e todos os convidados já estavam dentro do palácio. Os manifestantes também protestam contra a aprovação da reforma trabalhista e pedem a saída do presidente Michel Temer. 

Segundo a assessoria da PM, a presença dos policiais foi ocasional, devido à Operação Hermes, que visa aumentar a segurança em ruas do centro de Curitiba. Até a tropa de choque da Polícia foi chamada para garantir a segurança no Largo da Ordem.

Maria Victoria é filha do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti. Ela disputou a prefeitura de Curitiba pelo PP ano passado.

A deputada foi criticada ao longo da semana porque a estrutura da festa vai alterar a fachada do Palácio Garibaldi, que é tombado pelo patrimônio histórico. A festa deverá ter a presença de mil pessoas. Foi armada uma estrutura de metal no local. A Coordenação de Patrimônio Cultural (CPC) multou os proprietários do palácio.

3 Comentários

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Flávia de Morais
Isso, meu povo. Tomem a Bastilha
June Gates
Uma estrutura removivel. Sinceramente, sao permitidas manifestaçoes assim no casamento dos outros? Deve caber algum processo ou puniçao. Indenizaçao por danos morais. E o fim da picada. Jogando ovos? O que e isso? o proletariado no poder. Vamos devagar com o andor , isso e uma tremenda falta de respeito a vida privada
Anna freitas
A presença dos policiais foi ocasional? E o cordão de isolamento que montaram na porta da igreja e a escolta dos convidados da igreja ao Palacio Garibaldi foi ocasional também? UMA VERGONHA!
Mas a chuva de ovos foi maravilhosa!! Maria Vitória e a corja de bandidos foram ovacionados pelo povo!
Blogs
Ver na versão Desktop