Paraná faz 1º tempo pífio, perde para o Oeste e treinador é demitido

14/07/17 às 22:20 - Atualizado às 13:57 Redação Bem Paraná
Cristian de Souza: demitido no Paraná Clube após a derrota para o Oeste (foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube fez um primeiro tempo pífio e, por causa disso, acabou derrotado pelo Oeste por 2 a 0, nesta sexta-feira (14) à noite, em Barueri (SP). A partida era válida pela 14ª rodada da Série B. Ao fim do jogo, o técnico Cristian de Souza acabou demitido.

“A gente agradece ao Cristian por todo o trabalho. Mas ele não é mais o nosso treinador", declarou o diretor de futebol Rodrigo Pastana, em Barueri, após o jogo. Segundo ele, o Paraná vai trazer um treinador que conheça os percalços da Série B. E esse treinador deverá estar no clube antes de terça-feira (18), quando o time enfrenta o Brasil de Pelotas. “Se não for no banco, vai estar na Vila Capanema”, declarou ele.

Cristian de Souza completou 16 jogos no comando do Paraná Clube, com 5 vitórias, 5 empates e 6 derrotas. Após a derrota de sexta-feira, ele foi comunicado da demissão no vestiário e nem foi dar a costumeira entrevista pós-jogo. 

Com a derrota, o Paraná caiu para a 14ª posição, com 17 pontos. O Oeste, que tinha 16, passou à frente. O time paranaense ainda pode perder mais posições, dependendo dos demais resultados da 14ª rodada.

CONFUSÃO

Aos 2 minutos do 2º tempo, o árbitro parou o jogo ao flagrar que o lateral Cristovam estava com uma camisa 7 igual à de Robson. E mandou o lateral colocar uma camisa 2, com a qual havia jogado o primeiro tempo.

ESCALAÇÃO

Cristian de Souza escalou o time no 4-2-3-1. Ele tinha as voltas do lateral Cristovam e do zagueiro Rayan. Além disso, escalou o atacante Alemão como titular. “É um jogador que já vi trabalhar, está adaptado”, justificou, pouco antes da partida.

PRIMEIRO TEMPO

O Paraná iniciou a partida com marcação em meia-cancha e tentativa de lançamentos longos para Robson, na ponta-esquerda, e Alemão, no meio – foram cinco tentativas em 12 minutos. Nesse momento, o Oeste perdeu um de seus volantes, Fernando Aguiar, e o técnico Roberto Cavalo (ex-Paraná) colocou o atacante Jheimy. A partir daí, o time paranaense passou apuros. Aos 16 minutos, Jheimy perdeu um gol incrível. Aos 20, ele marcou um gol, mas estava impedido. Aos 22, exigiu grande defesa de Richard. Aos 31, ele recebeu uma bola perto da área e serviu Gabriel Vasconcelos, que marcou 1 a o para o Oeste.

Depois do gol, o Paraná tentou ir para a frente, mas tocava a bola desordenadamente e permitiu contra-ataques do adversário. Em um deles, Jheimy e William Cordeiro tramaram boa jogada que terminou no segundo gol, marcado por Rayan, contra. Em outro, Danielzinho carimbou o travessão.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Paraná voltou a campo com Minho – artilheiro do time na Série B, com 3 gols – no lugar de Renatinho. Minho ficou no lado esquerdo, Robson passou a cair pela direita e João Pedro atuou centralizado. O time progrediu a tal ponto que, em 11 minutos, finalizou mais vezes que em toda a primeira etapa (4 a 3). E duas dessas quatro finalizações exigiram grandes defesas do goleiro Rodolfo (ex-Paraná).

Mas o time parou de produzir no ataque depois disso. Assim, Cristian de Souza trocou o estreante Alemão por Felipe Alves, aos 26 minutos. Aos 32, o atacante Matheus Carvalho entrou no lugar do lateral Igor. Nada disso surtiu efeito. E o Paraná acabou derrotado. Só não levou mais um gol porque o goleiro Richard defendeu um pênalti, cobrado por Mazinho, no fim da partida. 

ESTATÍSTICAS

Ao fim de 90 minutos, o Paraná somou 11 finalizações (4 certas), 57% de posse de bola e 82% de aproveitamento nos passes. Além disso, fez 28 cruzamentos (só acertou dois). Já o Oeste teve 8 finalizações (5 certas e uma na trave), 43% de posse de bola e acertou 87% dos passes.

 

OESTE 2 x 0 PARANÁ

Oeste

Rodolfo; William Cordeiro, Joilson, Leandro Amaro e Velicka (Daniel Borges); Lidio, Fernando Aguiar (Jheimy) e Betinho; Danielzinho (Henrique), Gabriel Vasconcelos e Mazinho. Técnico: Roberto Cavalo

Paraná

Richard; Cristovam, Rayan, Eduardo Brock e Igor (Matheus Carvalho); Gabriel Dias, Leandro Vilela, João Pedro, Renatinho (Minho) e Robson; Alemão (Felipe Alves). Técnico: Cristian de Souza

Gols: Gabriel Vasconcelos (31-1º), Rayan (contra, 41-1º)

Cartões amarelos: Daniel Borges, Gabriel Dias, Jheimy, Cristovam

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)

Local: Arena Barueri, em Barueri-SP, sexta-feira às 20h30

 

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

12 – Igor cruza. Rodolfo sai por baixo e pega antes da chegada de Alemão

16 – Danielzinho recebe na direita e cruza rasteiro. Jheimy, livre, fura a bola e perde grande chance

19 – Robson chuta de longe. A bola desvia na zaga e o goleiro pega fácil

20 – Danielzinho lança a bola para a área. Jheimy finaliza e marca, mas o árbitro flagra o impedimento

22 – Danielzinho deixa Jheimy na cara do gol. Ele chuta e Richard salta para fazer grande defesa

25 – Gabriel Dias recebe de João Pedro, entra na área e bate cruzado, mas para fora

31 – Gol do Oeste. Lançamento. Brock não consegue cortar. Jheimy recebe na esquerda e rola para o meio da área. Gabriel Vasconcelos aparece sem marcação e toca na saída do goleiro

41 – Gol do Oeste. Renatinho perde a bola e gera contra-ataque. William Cordeiro tabela com Jheimy, recebe e cruza rasteiro. Rayan se estica para tentar cortar antes que a bola chegue a Jheimy e toca para dentro

43 – Contragolpe do Oeste. Danielzinho arranca, passa pela marcação, entra na área e chuta no travessão

44 – Renatinho arrisca de fora da área e manda para fora

SEGUNDO TEMPO

1 – Cristovam cruza. Robson cabeceia com perigo, mas para fora

6 – Robson bate de fora da área. Rodolfo pega

11 – Minho apanha sobra da defesa e bate no ângulo. Rodolfo salta e defende para escanteio. Após a cobrança, Rayan cabeceia, Rodolfo defende quase em cima da risca e a zaga afasta

16 – João Pedro cobra falta perto da risca da área e manda por cima

17 – Mazinho recebe de Jheimy, gira e bate a gol. Richard defende

24 – Alemão serve Robson, que bate de fora da área. A bola sai à esquerda do gol

27 – Mazinho cobra escanteio. Lídio cabeceia para fora

30 – Cristovam recebe de Minho na ponta-direita. Rodolfo sai aos seus pés e trava a jogada

32 – Leandro Vilela arrisca de longe e manda para fora

36 – Robson cobra falta. A bola desvia na barreira, leva perigo e vai por cima

37 – Lídio recebe a bola fora da área e bate colocado, por cima do gol

41 – Mazinho bate a gol da meia-lua. Richard pega

42 – Robson cruza. A bola vai a gol e Rodolfo pega

47 – Henrique entra na área e é derrubado por Eduardo Brock, O árbitro marca pênalti. Mazinho cobra no meio do gol e Richard, que havia ficado parado, defende com a perna

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop