Profissão Contador

18/07/17 às 00:00 Celso Oliveira

A profissão de Contador exige, cada vez mais, dos profissionais que decidem aventurar-se por essa carreira. O conhecimento técnico não acaba numa Faculdade ou num curso técnico, mas exige dos profissionais um constante aprimoramento com acompanhamento nas mudanças das leis, como por exemplo, a questão da Contribuição Sindical que, no próximo ano, deixa de ser obrigatória para Empregados e Empresas devido à recente Reforma Trabalhista.

Muitos contribuintes e empresários deixam de consultar o Contador antes de tomarem determinadas atitudes o que, muitas vezes, é prejudicial para o contribuinte Pessoa Física ou para uma Empresa. Isso fica claro quando o contribuinte Pessoa Física procura um Contador para fazer a sua declaração de Imposto de Renda, em abril, e descobre que deixou de recolher tributos no ano anterior quando da venda de um imóvel e que deverá fazê-lo corrigido e com multa.
Da mesma forma, uma Empresa que tem um Contador como um profissional para auxílio na tomada de decisões, pode ter benefícios tributários evitando-se que impostos sejam arrecadados pelos valores errados e, na sequência, haver uma autuação por um dos diversos órgãos competentes.
Para que o Contador possa exercer a profissão, não basta somente estar formado em uma das diversas Faculdades. Ele precisa passar numa prova de conhecimentos aplicada pelo Conselho Federal de Contabilidade. Essa prova acontece duas vezes por ano em todo o Brasil.
A prova que será realizada em 01/10/2017 está com as inscrições abertas até o dia 20/07/2017 e os candidatos a Contador podem inscrever-se pelo link:
http://cfc.org.br/exame-de-suficiencia-anteriores/2o-exame-de-suficiencia-de-2017/


Celso Oliveira é contabilista, professor da Faculdade Estácio Curitiba

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop