Dicas para evitar dor de cabeça com obras

Da escolha de materiais a profissionais especializados: conforto e tranquilidade

30/07/17 às 22:00 - Atualizado às 21:55
Importante é garantir o conforto térmico em todas as estações ano (foto: Divulgação)

O inverno chegou, e as temperaturas baixas já fazem parte do nosso dia a dia. Para quem está pensando em construir ou reformar, é importante se atentar a especificidades dos materiais utilizados na estação mais gelada do ano, e dessa forma, garantir um imóvel confortável o ano todo. Segundo a sócia-proprietária da Construtora Plano Forte, Carla Boabaid, o sistema construtivo independe do clima frio ou quente, porém quando for construir ou reformar, é importante atentar-se aos materiais que sofrem oscilações de temperatura. “Por exemplo, o gesso e a madeira, no calor, dilatam e trincam, e quando esfria, eles voltam ao normal. Por isso em obras realizadas no inverno, é necessário deixar um espaço para essa dilatação”, explica.
Além dos cuidados com os materiais, outro ponto importante é garantir o conforto térmico em todas as estações do ano. O diretor da empresa Europa, Marlo Triches, comenta sobre as vantagens de utilizar as esquadrias de PVC. Segundo ele, esse produto garante o isolamento térmico e acústico do imóvel. “As esquadrias exercem uma alta resistência a chuvas, ruídos, poluição, ventos, frio, calor e correntes de ar”, ratifica Marlo.

Pensando em um inverno confortável, muitos optam por alguns materiais mais específicos, como por exemplo o piso aquecido. O sócio-proprietário da Construtora Plano Forte, Fabiano Cantele, alerta sobre a importância de considerar toda parte construtiva. “A condição térmica interna é um conjunto, não adianta ter um piso aquecido sem um bom isolamento, porque o calor não consegue se manter dentro do ambiente”, comenta. Segundo o empresário, com um isolamento de qualidade, o piso aquecido é um bom aliado para uma casa confortável no inverno. O sócio-proprietário da Heime, empresa especializada em sistemas de piso aquecido, Igor Kaufeld, destaca que qualquer ambiente pode receber o aquecimento. “Mesmo residências já finalizadas, que não estão em obras, podem receber o piso aquecido, já que o sistema é instalado por baixo do piso, que pode ser de qualquer revestimento, sem restrição de material, salvo alguma indicação do fabricante”, finaliza.


Dicas para contratar empresas de reformas

Planejamento = economia (colocar no papel tudo o que será realizado permite prever futuros problemas e corrigi-los, permite ver como ficará em planta, elevação e perspectivas o que se imaginou e assim descobrir se o resultado será o esperado, antes de se iniciar a obra);

Custo de um projeto arquitetônico = valor muito pequeno em relação ao custo total da obra, ainda mais considerando a economia que o planejamento pode trazer a curto e longo prazo;

Quantas vezes será necessário reformar o espaço, ou quanto tempo a obra planejada irá durar? Um profissional da construção/decoração que estudou durante anos e que trabalha na área tem uma visão ampla de conceitos e conhecimentos que aumentam as chances de se obter o resultado almejado, buscando soluções econômicas e sustentáveis.

Valores Cobrados $$$01

Os valores são cobrados em função dos serviços contratados. É importante solicitar ao profissional que discrimine quais os serviços que ele presta e quais os valores de cada etapa. Os valores podem variar muito, seja por região, seja pelo profissional contratado. Maneiras de cobrança:
% — Porcentagem em relação ao valor total da obra;
m² — Por metro quadrado construído/reformado;
/h — Em função da hora técnica.

Acompanhar uma obra é diferente de administrar, pois acompanhar significa que o profissional irá verificar se a obra está sendo realizada de acordo com o que foi projetado; já administrar a obra significa elaborar planilhas de orçamentos e realizar as compras, verificando preços, quantidades e qualidade. Os valores destas atividades são distintos e normalmente o valor para se administrar uma obra é maior e cobrado separadamente.

Formas de Pagamento
Uma das maneiras mais comuns de realizar o pagamento é em função das etapas do projeto (porcentagens em relação ao valor total). * Saiba quais são as: Etapas do Projeto (Exemplo) (Projeto Arquitetônico):
Estudo Preliminar: 20%
Anteprojeto: 40%
Estudo Legal: 10%
Projeto de Execução: 15%
Detalhamento: 15%

Contratar uma empresa de reforma, pode sair mais em conta que a contratação direta de pedreiros. Uma empresa de reforma conta com profissionais especializados, endereço fixo, CNPJ, responsáveis técnicos e com experiência de lidar com obras.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop