Porto de Paranaguá registra aumento na população de golfinhos

08/08/17 às 23:33 Ceres Battistelli | cerestb@gmail.com

O Programa de Monitoramento de Cetáceos, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou neste ano uma população fixa de 400 golfinhos nos arredores dos Portos do Paraná, o que significa um aumento de 50 indivíduos nos últimos três anos. O monitoramento abrange toda a Baía de Paranaguá – desde as proximidades da Ilha da Galheta até o Porto de Antonina.
Desde o ano de 2014, houve um crescimento de 14% na população de golfinhos observada. A equipe de biólogos da Appa percorreu cerca de 4,5 mil quilômetros pelas áreas de entorno dos portos paranaenses.

 


Ave ameaçada de extinção é fotografada na RMC
A Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) registrou um gavião-de-penacho - uma das espécies mais ameaçadas da Mata Atlântica - voando pelo município de Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. A fotografia foi feita na Fazenda Ribeirão das Pedras. A área de Floresta com Araucária da fazenda foi cadastrada pela ONG no Programa Desmatamento Evitado e está em processo de restauração de vegetação nativa.

 


Instituto em SP presta serviço gratuito de identificação de plantas
O Herbário do Instituto de Botânica (IBt) de São Paulo presta serviço de reconhecimento de plantas diariamente. Os pedidos são feitos por mera curiosidade, em razão de alguma intoxicação, pelo potencial paisagístico ou por questão medicinal.
As solicitações são enviadas por e-mail, correio e pessoalmente, munido de fotografias ou amostras das plantas. Quem quiser enviar amostras por carta, precisa colocar como destino o “Herbário – Serviço de Identificação – Instituto de Botânica, A/C Dra. Rosângela Simão-Bianchini. O endereço para enviar a correspondência é Av. Miguel Stéfano, 3.687 – Água Funda, CEP 04301-902 – São Paulo – SP ou e-mail para bianchini@ibot.sp.gov.br.

 


Dia Internacional dos Povos Indígenas
Hoje (09 de agosto) é comemorado o Dia Internacional dos Povos Indígenas. A data foi criada com o propósito de lembrar a importância e conscientizar sobre a inclusão dos povos indígenas - muitas vezes são marginalizados ou excluídos - nos direitos humanos. Outra finalidade é garantir a preservação da cultura tradicional de cada um dos povos indígenas, como fonte primordial de sua identidade.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop