Atlético-GO vence e freia reação do Coritiba no Campeonato Brasileiro

12/08/17 às 18:09 Folhapress
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Depois de duas derrotas seguidas, o Atlético-GO voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (12), a equipe recebeu o Coritiba no estádio Olímpico de Goiânia e conquistou a vitória magra por 1 a 0 para frear a reação dos paranaenses, que vinham de dois triunfos seguidos nas últimas rodadas. O único gol da partida saiu aos 17 minutos do segundo tempo. Após cobrança de lateral pela direita, Jorginho recebeu na área, limpou a marcação e chutou cruzado no meio das pernas do goleiro Wilson. Com o resultado, o clube goiano chega aos 15 pontos, mas ainda ocupa a lanterna. Já o Coritiba, que vinha embalado nos últimos jogos, estaciona nos 25 pontos e pode perder a 10ª posição até o final da 20ª rodada. O duelo não teve muitas chances de gol. No primeiro tempo, cada equipe chegou uma vez com perigo. Aos 18 minutos, o Atlético-GO cobrou escanteio para dentro da área, William Matheus desviou de cabeça e quase fez contra. Pouco depois, o Coritiba chegou pela direita com Léo, que bateu rasteiro de longe e viu o goleiro Felipe fazer a defesa em dois tempos. Já na etapa final, Alan Santos chutou forte aos 3 minutos, mas a bola saiu à direita. Depois de ficarem atrás do placar, os paranaenses ainda tiveram mais uma oportunidade, mas a cabeçada de Márcio passou perto do travessão. Enquanto os donos da casa ficaram perto do segundo gol nos acréscimos, quando a bola sobrou na entrada da área para Igor, que bateu por cima. Na 21ª rodada do Brasileirão, o Atlético-GO vai à Arena do Urubu enfrentar o Flamengo no próximo sábado, às 19h (de Brasília). Um dia depois, no domingo, o Coritiba recebe o Santos no Couto Pereira, também às 19h. ATLÉTICO-GO Felipe; Jonathan (André Castro), Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Igor, Paulinho, Diego Rosa (Breno Lopes) e Jorginho; Niltinho (Silva) e Walter. T.: João Paulo Sanches. CORITIBA Wilson; Léo, Márcio, Luizão e William Matheus; Jonas, Alan Santos (Henrique Almeida), Galdezani e Thiago Carleto (Neto Berola); Rildo e Alecsandro (Tomas Bastos). T.: Marcelo Oliveira. Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ) Auxiliares: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ) Público/Renda: 1.035 pagantes/R$ 21.730,00 Cartões amarelos: Niltinho e Walter (Atlético-GO); Alecsandro, Luizão e Rildo (Coritiba) Gol: Jorginho, aos 17 minutos do segundo tempo (Atlético-GO)
Blogs
Ver na versão Desktop