Idosa com demência é encontrada por cão farejador após engarrafar o próprio cheiro

20/08/17 às 18:50 - Atualizado às 18:58 Redação Bem Paraná com agências
(foto: Divulgação Polícia de Citrus)

Uma mulher, portadora de demênciam foi encontrada por cães farejadores. O caso aconteceu na Flórida (EUA), no condado de Citrus. Segundo as autoridades policiais, a vítima teve essa ideia anos atrás, quando resolveu guardar o seu cheiro em um pote. .
Segundo o departamento do Xerife de Citrus, localidade onde aconteceu o caso, a idosa desapareceu na última segunda-feira, 24. Porém como o cheiro dela estava engarrafado dentro de um kit profissional de manutenção de cheiros, ela foi encontrada duas horas depois pelo cão farejador cahamdo K9 Ally.
A técnica de preservação de aromas envolve esfregar uma pequena almofada na axila de uma pessoa e, então, selá-la no interior de uma espécie de garrafa esterelizada. Assim, cães policiais podem ter uma amostra fidedigna do aroma, antes de buscarem a pessoa desaparecida.

Blogs
Ver na versão Desktop