Elementos naturais são tendência na decoração

Arquitetas listam algumas dicas de como transformar essa nova onda em um item do espaço

22/08/17 às 22:00 - Atualizado às 21:25
Arquiteta Érica Salguero utitliza panelas como cachepots para temperos (foto: Denilson Machado)

Estamos vivendo em uma época mais consciente da importância da sustentabilidade, reciclagens, reaproveitamento, soluções práticas e baratas que não demandem muita mão de obra. Seguindo essa linha, a decoração também vem se modificando e traz cada vez mais elementos da natureza para dentro dos lares. Objetos que remetem ao meio ambiente despertam bem-estar, o que contribui para a qualidade de vida e diminuição do estresse do ritmo corriqueiro presente no dia a dia da maioria das pessoas.

Dieiny Kipper, sócia-fundadora da Interiores All Online, conta que é possível trazer a sutileza da natureza para a decoração com pequenas mudanças. “Seja nas cores, texturas, móveis e objetos, há várias formas de conseguir esse resultado, independente do investimento ou do tempo que se dispõe”, explica.

Umas das grandes tendências é a volta do cultivo de plantas em casa. A proposta das arquitetas é trabalhar com o cultivo de pequenos vasos de plantas comestíveis e não apenas ornamentais, construindo uma pequena horta. Segundo a proposta, mesmo em espaços reduzidos qualquer um pode ter um pequeno vasinho de temperos. Basta que o local seja bem iluminado. E a matéira-prima, no caso o vaso de temperos, atuamente pode ser encontrado em qualquer supermercado da cidade no setor de hortifrutigranjeiros.

Para ficar charmoso, basta escolher um pano de prato ou um pano colorido e costurar dos lados para fechar formando um saco. Depois é só usar como um cachepot e colocar o vasinho dentro. Se precisar dobre as bordas para adequer à altura do vaso.

A arquiteta Lizia Witzel, da Interiores All Onlien, ressalta que além de deixar a comida mais saborosa, usar pequenos vasinhos deixa a casa mais bonita o ambiente com um ar mais relaxante. “Sem o uso de agrotóxicos na cozinha, esse cantinho estimula uma rotina mais natural, o que também é uma forte tendência de modificação/adequação da sociedade, que busca cada vez mais viver de maneira saudável”, explica a profissional.

Para quem tem pouco tempo para cuidar de plantas a saída pode ser a adoção de cores verdes em itens da casa. Neste caso, o conselho não se resume a cor da tinta. O ideal é que se busque trabalhar com tintas mais ecológicas, como as que são feitas a base de água, mais simples e fáceis para usar. Outro ganho neste caso é a não emissão de gases tóxicos no ambiente.


Dicas para dar uma pegada sustentável à casa

1 Horta na cozinha
Além de trazer o frescor da natureza para sua casa, montar uma horta na cozinha com temperos e legumes adiciona um toque especial nos alimentos e cria um clima relaxante no ambiente. “Sem o uso de agrotóxicos na cozinha, esse cantinho estimula uma rotina mais natural, o que também é uma forte tendência de modificação/adequação da sociedade, que busca cada vez mais viver de maneira saudável”, explica a arquiteta Lízia Witzel.

2 Vegetação
Usar as plantas na decoração é a forma mais viva e assertiva de seguir essa tendência. Segundo a arquiteta Dieiny Kipper existe uma variação enorme de espécies que podem ficar dentro de casa, mas é importante levar em consideração desde o inicio que as exigências das plantas devem ser compatíveis com a iluminação do local e sua rotina. “Os cactos e suculentas que não exigem cuidados tão frequentes são ótimas opções para quem não tem muito tempo. Ficam lindos em um terrário em cima da mesa ou até mesmo na bancada do banheiro, sem fazer sujeira”, sugere a arquiteta.

3 Vasos suspensos
As plantas/folhagens em vasos suspensos já modificam completamente o visual do ambiente e são fáceis de manter, já que existem espécies que exigem apenas cuidados básicos para sua manutenção. “Para quem dispõe de mais tempo e espaço, os jardins de inverno estão fazendo o maior sucesso para quem busca esse refúgio de sossego dentro da própria casa. Além disso, imprimem um ar de sofisticação e podem ser instalados em espaços ociosos – como abaixo de uma escada ou combinados com outros mobiliários para criar um cantinho harmonioso e relaxante”, revela a arquiteta Lízia Witzel.

4 Quadros
Os quadros dizem muito sobre o estilo do morador. Quando combinados com o ambiente, transformam seu espaço com estilo e dinamismo. A arquiteta Dieiny Kipper conta que existem diferentes tipos de quadros, de diversos tamanhos e cores, que podem ser misturados juntamente com imagens e fotos. “É possível também buscar inspirações na internet ou até mesmo um faça você mesmo. O que é preciso aqui é criatividade”, sugere.

5 Cores verdes
A cor verde pode se destacar em diversos tons na decoração. “Pode ser utilizado em poltronas, almofadas e paredes. Esse tom não se torna exclusivo a plantas, podendo trazer um ar vintage ao ambiente, além de trazer equilíbrio ao seu espaço”, finaliza a arquiteta Lízia Witzel.

Fonte: Interiores AllOnline

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop