Jogador do Coritiba é vítima de injúria racial

29/08/17 às 15:58 - Atualizado às 13:09 Silvio Rauth Filho

O zagueiro Márcio, do Coritiba, foi vítima de injúria racial na noite de segunda-feira (dia 28). O perfil Coritiba M1L GR4U no Facebook publicou o seguinte texto: “Vai tomar no c... Marcio seu afrodescendente de merda do cara... tomara que pegue eterno banco seu lazarento”. A postagem ocorreu após o jogador cometer uma falta na partida contra o Vitória. Márcio acabou expulso e também provocou a anulação do gol do Coxa.

Em seguida, a postagem do perfil no Facebook acabou apagada. Um pedido de desculpas foi publicado por volta das 15h30 dessa terça-feira (dia 29). “A equipe Coritiba Mil Grau vem a público pedir desculpas pelo que um ex-administrador proferiu em uma publicação ao zagueiro MARCIO no dia 28/08 durante a partida contra o Vitória. Nós da página estamos profundamente tristes e arrependidos pela atitude desta pessoa que foi direcionada ao jogador. Viemos salientar que o criador da publicação, foi afastado da página imeadiatamente, nos sabemos que apenas um pedido de desculpas não é o suficiente, e estamos aberto para COOPERAR com o que for possível judicialmente para que as melhores medidas sejam tomadas e que seja dada a devida punição para o CRIADOR do Post”, informou o perfil, que tem 46 mil seguidores.

“Quem acompanha nossa página a tempos sabe que não é o perfil da mesma atitudes como esta, tanto que inúmeras vezes exaltamos o Márcio aqui e fizemos publicações homenageando ele, e que também temos administradores negros na página e que por irônia o administrador que teve a infelicidade de postar isso também é negro, lamentamos o transtorno que foi causado ao Márcio, e desejamos o melhor para ele e sua família, volto a repetir que estamos aberto para cooperar com o que for possível judicialmente para que as melhores medidas sejam tomadas e que seja dada a devida punição para o criador do post. Pedimos para que a acessoria do clube entre em contato conosco para que possamos resolver o caso. Att: Equipe Coritiba Mil Grau”, completa a nota.

Marcio registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Crimes Cibernéticos (Nuciber) e publicou texto no seu Instagram. “Venho publicamente pedir desculpas a nação Coxa Branca pela minha atitude no jogo de ontem, sou ser humano também falho e erro. Assumo a responsabilidade. Mas isso não justifica falar da cor da minha pele, sou afrodescendente sim e isso não me faz diferente de ninguém, afinal somos todos carne e osso! #naoaoracismo”, escreveu o jogador.

O site oficial do Coritiba também se manifestou. “Em 2015, o Coritiba fez uma campanha contra o racismo, no Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, com o objetivo de conscientizar a torcida sobre a causa. Atletas daquele ano gravaram um vídeo declamando a música de Gabriel, O Pensador, 'Lavagem Cerebral', que é uma crítica a sociedade racista que persiste em praticar a discriminação, não apenas racial, mas de todos os gêneros. João Paulo e Keirrison, que estão no grupo coxa-branca de 2017, também participaram da gravação. Um vídeo que tem dois anos, mas continua atual. Este assunto nunca pode ser deixado de lado e, desta vez, volta à tona após o zagueiro Márcio ter recebido injúrias em uma página no Facebook”, publicou o Coxa.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop