Cantora lírica e funcionária pública aposentada descobre vocação na hotelaria

04/09/17 às 22:00 - Atualizado às 18:09 Hamilton Fonseca | Headhunter | Fusões & Aquisições | hamilton@hamiltonfonseca.com.br
Sra.Ivonete Silveira acompanhada do gerente de operações Eloi Philippsen e Josiane Oliveira governanta do Hotel Tulip Inn Batel (foto: Divulgação)

Existem pessoas que estão sempre atribuindo às circunstâncias por não conseguirem realizar seus objetivos. Existem pessoas que procuram as circunstâncias de que precisam e, se não as encontram, as criam. Assim é a nossa entrevistada, Ivonete da Silveira Euzébio, um exemplo de quem não se entrega à aposentadoria. Além dos filhos e netos, está sempre lendo eem atividade. Após uma trajetória no serviço público na área da saúde, fez trabalhos voluntários e dedica uma atenção especial pela música clássica, chegando a gravar 04 CDs.Há mais de 04 anos descobriu uma nova vocação como Anfitriã do café da manhã no Hotel Tulip Inn no Batel, da rede BHG Hotéis, a terceira maior administradora hoteleira no país, tendo sido escolhida funcionária do ano.

Como foi o seu ingresso no mundo da hotelaria?
Me senti motivada a voltar ao mercado de trabalho e me identifiquei com a hotelaria. Fui indicada por uma agencia para trabalhar no Hotel Tulip Inn no Batel na área de serviços gerais. Em uma ocasião fui convocada para auxiliar no atendimento do café da manhã. Procurei dar o melhor em receber e agilizar, a partir desta ocasião, fui designada para trabalhar na recepção do café.

Gostar do que faz é importante?
Sem dúvida. O ambiente de hotelaria é como se fosse a segunda casa do hóspede e temos que fazer de tudo para que ele sinta isso. É preciso ter com gosto pelo que faz, até porque o trabalho fui melhor e o convívio com os colegas fica mais produtivo. É muito importante que os colaboradores tenham uma boa qualidade de vida no trabalho, com harmonia nas relações..

Como foi escolhida funcionária do ano em 2014?
Foi uma enorme surpresa ir receber o prêmio no Rio de Janeiro, fiquei emocionada,minha família foi convidada. Tenho gratidão por algumas pessoas, em especial a nossa Gerente de Operações da regional Sul, a competente Lilian Franco. 

Como é a sua relação com a música clássica?
Tive o privilégio de estudar canto lírico e sempre procurei manter ativos os contatos com músicos e maestros. Participei de inúmeros concertos, talvez um dos mais importantes, por ocasião da vinda do Papa João Paulo II a Curitiba, me apresentei com o Coral do Paraná, do qual fui uma das dirigentes.


CURTA

  • Missão da Amcham leva indústria paranaense ao Vale do Silício.Executivos conhecerão empresas importantes da área de tecnologia; inspiração em novos projetos e ferramentas de gestão estão entre os focos da viagem.A Brose, indústria alemã fabricante do setor automotivo de São José dos Pinhais, está indo na II Missão Internacional de Inovação, organizada pela Amcham (Câmara Americana de Comércio), entre 18 a 22 setembro. Além da Brose, outras 34 empresas de várias regiões do Brasil e da Argentina. 
  • Intercâmbio cultural na Normandia é proposta da Aliança Francesa de Curitiba.Você já ouviu falar do Mont Saint-Michel, dos Jardins de Monet, das cidades de Rouen, Honfleur e Trouville? Se não conhece, está na hora de pesquisar sobre essa região que mistura a história da Segunda Guerra Mundial com uma natureza deslumbrante. http://www.afcuritiba.com.br/af/cultural/intercambios/intercambio-rouen-normandia/ e no telefone 41 3223 4457. 

FRASE

“O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas as implicações futuras de decisões presentes”
(Peter Drucker)


   

  

   

www.hamiltonfonseca.com.br

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop