Personalidade do turista pesa na escolha do destino

04/09/17 às 22:15 Dayse Regina Ferreira
Quem procura tranquilidade, começa a viajar agora, quase inicia a baixa temporada

Alguns turistas só viajam na contramão: esperam que todos os veranistas retornem das praias e das montanhas, calculam a época em que as hordas de viajantes já estejam mais calmos, em casa e no trabalho. Só então fazem as malas, procurando praias vazias, hotéis em promoção, aeroportos com movimento normal.

Mas há também aqueles que só sabem ficar felizes se estiverem em um lugar da moda, lotado de gente animada em todas as horas do dia e, principalmente, com muitas festas noturnas que só terminam no dia seguinte. Procuram também os locais para onde haja a certeza da presença de alguma personalidade, algum artista de cinema, alguém que faça sucesso na música. Querem mesmo é movimento, nem que seja para fazer fila na porta da casa noturna ou do clube, tentando ver por segundos a figura em destaque da temporada.

A lista de alguns dos ricos e famosos e seus destinos preferidos é para essa gente animada, que não mede esforços para ter a adrenalina do sucesso – dos outros — para viver um pouco de fantasia nas suas férias.

Jennifer Aniston escolhe para descansar Cabo San Lucas, no México. Britney Spears segue sempre para as praias do Havaí e Leonardo DiCaprio prefere Saint Tropez, no sul da França.

Todos procurando a areia branca e fina, a água turquesa, coqueiros. Um ambiente ideal para férias de sonho. Lugares especiais para pegar um bronzeado, nadar, curtir a noite movimentada, principalmente no verão.

Cabo San Lucas, no litoral mexicano, fica distante apenas 2 horas em jatinho privativo partindo de Los Angeles. Leonardo DiCaprio prefere Saint Tropez a Saint –Barthélémy ou Bond Beach (Austrália), desde que possa usar seu yacht e, é claro, organizar suas noitadas a bordo.

Madonna foge no comum e prefere beber caipirinha no Brasil, de preferência na praia carioca de Ipanema. Rihanna pratica jet-ski em Saint Tropez, enquanto Britney Spears pega bronzeado nas famosas praias do Havaí. Nicole Kidman prefere Bora Bora. Beyoncé, mais inteligente, marca presença na ilha de Hvar, na Croácia.

Escolha sua festa, aproveite que o verão está no fim, o que significa encerramento de muitas atividades, muitos restaurantes de portas fechadas e até hotéis preparando a baixa temporada.

E se a vontade de ficar isolado, tranquilo, sem contato com o resto do planeta, sempre sobra a estada na Serra da Saudade, em Minas Gerais, onde a única ligação com o mundo é a internet, grátis, na pracinha da pequena cidade. Lá não acontece nada. Apenas é praticado o “esporte” da fofoca. Tudo é controlado pelos linguarudos. Vá. Mas fique alerta.

DESTAQUES
Em Nova York - Quatro meses depois do Eleven Madison Park ter sido nomeado o melhor restaurante do mundo ( segundo a listagem da publicação britânica The World 50’s Best Restaurants) e os sócios chef Daniel Humm e Will Guidara serem reconhecidos nos Estados Unidos como “power couple” da gastronomia, foi tomada a decisão de fazer reformas no restaurante. O local fechou portas no dia 9 de junho para trabalhos de remodelação total, mudando espaços, design, arte da sala e criando uma área de bar.

A idéia básica é criar um ambiente mais informal. Inaugurado 1998, o restaurante completa 20 anos de boa cozinha. O local será reaberto no outono do hemisfério norte. A venda dos móveis e da decoração foi o passo inicial na transformação. E foi um sucesso: só o letreiro da entrada foi comprado por 10 mil dólares. Entraram em comercialização um grande armário (7.500 dólares), alguns detalhes da decoração em bronze ( 2.000 dólares) e um grande espelho da sala privativa (1.500 dólares).

Os pratos foram os primeiros a esgotar na venda, vendidos em grupos de quatro peças, por 200 dólares. Também foram logo adquiridas as tigelas e travessas. As compras puderam ser feitas até online com entregas feitas em até cinco dias, sempre que as encomendas tivessem sido feitas em Nova York.

Em Viena - Novo recorde na capital austríaca: de janeiro a junho de 2017 Viena recebeu cerca de 7 milhões de pernoites, um aumento de 4,2% em relação a 2016. Foram turistas da Alemanha os que se posicionaram em primeiro lugar na visitação da cidade, seguidos pelos próprios austríacos, norte americanos, ingleses e italianos. Entre o sexto e o décimo lugar figuram turistas suíços, russos, franceses, chineses e espanhóis. Depois os visitantes da Austrália, Índia e Brasil ( 63.000 pernoites).

Atualmente Viena conta com 64.000 leitos de hotéis. E até 2020 deve atingir 18 milhões de pernoites ao ano. Está apostando no setor MICE, que já registrou 12% do volume de pernoites em 2016. No ano passado foram realizados mais de 4 mil congressos, eventos corporativos e viagens de incentivos, marcando um novo recorde.

Outro destaque: pela oitava vez consecutiva, Viena ficou em primeiro lugar quanto a qualidade de vida nas grandes cidades.

Em Paris - O farol da Tour Eiffel ficará apagado até 10 de outubro. Será a primeira vez, desde sua inauguração em 31 de dezembro de 1999, que a faixa de luz da Dama de Ferro deixará de iluminar Paris. Serão necessários dois meses para que o sistema de iluminação situado no alto do monumento mais famoso da Cidade Luz, seja renovado.

Só mesmo no final do verão, para ter espaço e tempo e apreciar as obras de arte feitas no asfalto

Fim de férias, reinício de aulas, a vida fica mais fácil para o turista solitário

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop