Paranaguá conta com 100 voluntários para emergências ambientais

05/09/17 às 22:33 Ceres Battistelli | cerestb@gmail.com
Baía de Paranaguá conta com 100 voluntários em caso de acidentes (foto: Ivan Bueno)

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) capacitou 50 novos voluntários para atuar no atendimento de fauna petrolizada, em caso de acidentes ambientais envolvendo derramamento de óleo e produtos químicos perigosos. Com isso, a Appa passa a contar com 100 pessoas atuando em regime de prontidão e revezamento em caso de emergências. O curso de 16 horas – resultado de convênio com a Funespar -abordou temas como ações de resgate, apoio no transporte de animais resgatados, triagem e destinação da fauna resgatada, obrigações de um voluntário e outros. Em 2016, o Porto de Paranaguá inaugurou o Centro de Proteção Ambiental (CPA) - primeira base do Brasil localizada em um porto público e que integra atendimentos a emergências ambientais envolvendo derramamentos químicos e de óleo.


Brasil quer fortalecer ações de proteção dos oceanos

O Brasil defenderá medidas para fortalecer a proteção da zona litorânea e marítima do país, no 4º Congresso Internacional de Áreas Marinhas Protegidas, que acontece no Chile. Com a Iniciativa Azul do Brasil - estratégia para atingir a meta de conservação de 10% das áreas marinhas e costeiras nacionais – o país espera conservar ao menos 350 mil Km2 das zonas costeiras e marinhas até 2027.

A Iniciativa Azul do Brasil será debatida amanhã (07) e tem como foco unidades de conservação e mecanismos financeiros.


Criador de ciclovias de Bogotá faz palestras em Curitiba

Jaime Ortiz Mariño, arquiteto e urbanista colombiano, que revolucionou a cidade de Bogotá, fez duas palestras em Curitiba, nesta semana (04 e 05), para falar sobre mobilidade e reurbanização.

O colombiano foi Secretário de Obras Públicas da capital da Colômbia, e responsável pela implantação das primeiras ciclovias na cidade, em 1970. Chamadas Ciclovias Recreativas, as vias, majoritariamente dominicais, têm mais de 120 quilômetros de uso exclusivo. As palestras foram realizadas no Auditório do Setor de Tecnologia da Universidade Federal do Paraná e a iniciativa foi do vereador e cicloativista Goura.


25 milhões para agroecologia

O edital Ecoforte 2017 está aberto até o dia 2 de outubro para seleção e apoio a projetos territoriais de redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica, voltados à intensificação das práticas de manejo sustentável e de sistemas produtivos orgânicos e de base agroecológica.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Conteúdo sustentável
Blogs
Ver na versão Desktop