Kleber diz que julgamento no STJD foi ridículo e pode ser denunciado de novo

08/09/17 às 16:18 - Atualizado às 18:40 Redação Bem Paraná
Kleber: “Foi ridículo o que fizeram, eu estive lá. É bem a cara do Brasil” (foto: Divulgação / Coritiba)

O atacante Kleber está confirmado no Coritiba para o clássico deste domingo (10), contra o Atlético, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador ficou de fora por 12 jogos – 11 por suspensão e mais um por causa de uma lesão. Nesta sexta-feira (8), ele fez duras críticas ao Superior Tribunal de Justiça desportiva (STJD).

“Foi ridículo o que fizeram, eu estive lá. É bem a cara do Brasil. Você sentar ali, teu advogado falar o tempo todo e os caras ficarem no celular”, afirmou ele, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva no CT do Coritiba. “Eu me senti injustiçado”, continuou, comparando a pena que recebeu com outros casos que considerou graves, mas com punições mais amenas que a sua. “Sempre foi assim e vai continuar sendo”.

Mais tarde, nesta sexta-feira, a Procuradoria do STJD indicou que Kleber poderá ser denunciado pelas declarações contra o Tribunal. O jogador seria enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (9conduta contrária à ética ou a disciplina desportiva). Se for condenado, ele pode pegar até seis jogos de suspensão.

O CASO

Kleber foi suspenso por 15 jogos por ter agredido e cuspindo em um jogador do Bahia ainda pela 7ª rodada. Ele pôde atuar por três jogos graças a um efeito suspensivo, antes que o recurso do Coritiba fosse julgado no STJD. Depois disso, a suspensão foi retomada. Posteriormente, a punição foi reduzida para 11 jogos. Ele estava para voltar na última rodada, contra o Vitória, mas acabou sofrendo um pancada em um treino e foi vetado.

Nesses 12 jogos em que Kleber ficou de fora, o Coritiba somou apenas duas vitórias – contra São Paulo e Chapecoense – além de dois empates e oito derrotas. O time marcou apenas seis gols nesse período e tomou 17. Além disso, a equipe ficou oito jogos sem marcar gol.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop