Com a crise, cresce a oferta de imóveis comerciais em Curitiba

Número de estabelecimentos anunciados é o maior desde agosto de 2015

10/09/17 às 22:30 - Atualizado às 15:27
(foto: Franklin de Freitas)

A crise que tirou o emprego de 13,5 milhões de brasileiro fez com que várias empresas se adaptasse a realidade reduzindo custo, reduzindo o tamanho das salas comerciais e algumas acabaram fechando suas portas. Embora não exista um estudo sobre a taxa de ocupação dos imóveis comerciais de Curitiba, uma pesquisa revela que a oferta para locação ou venda de imóveis (casa, conjunto de salas, loja e barracão) para fins comerciais na cidade é a maior desde agosto de 2015 quando eram 6.719. Atualmente existem 7.914 imóveis comercias para seram alugados ou vendidos.
Os dados são do último levantamento mensal do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar) do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi) e consideram os imóveis ofertados por 32 imobiliárias em 484 sites em agosto. Para Maurício Moritz, vice-presidente de economia e estatística do Secovi e presidente do Inpespar, esse número reflete a realidade da economia brasileira que passou por um período difícil e de grande retração econômica. “Muito pequeno empresário terminou entregando o ponto por não conseguir sobreviver”, conta. Moritz revela que houve muitos prédios comerciais com devolução de salas.
Porém os números do mercado revelam que há um pequeno movimento de retomada nos últimos três meses. “É uma pequena melhoram, mas é uma melhora”, conta. Esse folego do mercado é apontado pela estimativa de negociação que sai de 0, em junho, para 18, em julho e 43 em agosto.
Sobre possíveis quedas do valor, Moritz afirma que isso não ocorreu. “Houve muita negociação, mas os valores médios não caem apenas apresentam uma evolução menor”, diz. O valor médio dos imóveis fechou agosto em R$ 3.856,97 o metros quadradro.

Bairros com maior oferta (*)

1 Centro 469
2 Bigorrilho 110
3 Batel 103
4 Agua Verde 99
5 Juveve 73
6 CIC 63
7 Centro Cívico 46
8 Boqueirão 45
9 Mercês 31
10 Uberaba 30

(*) Apenas imóveis comerciais 

Fonte: Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar) do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi)

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop