Filmes com Matt Damon viram favoritos ao Oscar

10/09/17 às 20:00 - Atualizado às 19:19

A largada para o Oscar do próximo ano foi dada ontem, no Festival de Toronto, com a exibição de duas sátiras sociais protagonizadas por Matt Damon e que são claras alegorias para a situação dos Estados Unidos de hoje: ‘Suburbicon’, dirigida por George Clooney, e ‘Pequena Grande Vida’, de Alexander Payne. No primeiro, Clooney se ancora em roteiro escrito pelos irmãos Coen sobre um típico subúrbio de famílias brancas dos anos 1950 em que tudo vai bem conforme prega o “american way of life”. Isso até a chegada de uma família negra. Já o longa de Payne pega emprestada a mesma premissa da comédia “Querida, Encolhi as Crianças”, mas a reveste com forte caráter político: Damon interpreta Paul, fisioterapeuta que se submete a um novo tipo de avanço tecnológico que permite diminuir o tamanho das pessoas e assim permitir que elas consumam menos recursos do planeta.


Calça de repórter que cobre passagem do furacão rasga ao vivo
Mesmo em uma área de segurança, a repórter Carolina Cimenti passou sufoco ontem durante a cobertura da passagem do furacão Irma pelos Estados Unidos. Ao vivo de Miami para a Globonews, a jornalista teve sua calça rasgada durante uma rajada de vento mais forte. “Acho que o furacão acabou de estraçalhar a sua calça, Carol. E sem calça fica difícil, né?”, brincou Sandra Coutinho, que participava do link ao vivo. As duas passavam informações sobre a inundação da área de Key West.


Foo Fighters pode vir a Curitiba
A banda norte-americana Foo Fighters pode vir a Curitiba no próximo ano. Ao menos é o que diz o jornal O Globo, em sua edição de ontem. A banda de Dave Grohl viria ao Brasil para cinco shows em quatro cidades – Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro — entre o final de fevereiro e início de março. Em Curitiba, o show seria na Pedreira Paulo Leminski. Oficialmente, porém, a banda não confirmou a passagem pelo Brasil.


André Frateschi é o vencedor do ‘PopStar’
André Frateschi sagrou-se vencedor do ‘PopStar, da Globo, ao derrotar Claudio Lins na finalíssima do programa, ontem. O programa final teve início com Frateschi, Claudio Lins, Eduardo Sterblitch, Lucio Mauro Filho, Mariana Rios e Sabrina Parlatore na primeira rodada. Na avaliação dos jurados Ana Carolina, Fafá de Belém, Marcos & Belutti, Maria Rita, Paula Toller, Paulo Ricardo, Preta Gil, Pretinho da Serrinha e Toni Garrido, os primeiros eliminados foram Lucio Mauro Filho e Sabrina Parlatore. Na 2ª rodada, caíram Sterblitch e Mariana Rios. Na final, Frateschi venceu ao cantar ‘Under Pressure’, do Queen e David Bowie. Já Claudio Lins trouxe uma releitura de um sucesso do pai dele, Ivan Lins, ‘Daquilo Que Eu Sei’. Para chegar à final, Frateschi ainda cantou ‘Hey Jude’, dos Beatles, na primeira rodada, e depois ‘Let’s Get It On’, de Marvin Gaye. Durante o programa, muitos internautas criticaram a jurada Preta Gil, que afirmou não conhecer a música ‘Ciclo sem Fim’, cantada por Sterblitch. Um internauta até observou que Gilberto Gil, pai de Preta, assina as versões brasileiras das canções do musical inspirado no filme.


Internautas demonstram não conhecer a camisinha
A internet provou que as campanhas pelo uso de camisinhas continuam sendo essenciais. Apesar da ampla informação sobre o tema, muita gente demonstrou, nos comentários da campanha do Ministério da Saúde com Pabllo Vittar, não saber para que serve o preservativo. Além de um vídeo institucional sobre o assunto, Pabllo aparece segurando uma camisinha no clipe de ‘Corpo Sensual’. Nos comentários do clipe no YouTube, diversos internautas se questionaram por que Pabllo precisaria usar preservativo se não pode engravidar. Muita gente respondeu explicando que o objetivo é também prevenir doenças sexualmente transmissíveis. Até a cantora decidiu se pronunciar no Twitter.


Franz Beckenbauer, ex-futeblista alemão, 72 anos

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop