Programação da Disney dá dinheiro, mas é um atraso na vida do SBT

13/09/17 às 10:00 Por: Flavio Rico Colaboração: José Carlos Nery

Sobre esta tormentosa questão da venda de horários nas emissoras de TV, se a Record tem a igreja disfarçada, o SBT procede da mesma forma com a faixa das manhãs de domingo, além da Disney todo santo dia, com os prejuízos de audiência que são pertinentes. Não tem como. É sempre o preço deste dinheiro. Aliás, o caso do contrato da Disney é um dos maiores mistérios da televisão, desde que foi assinado. Um assunto que só diz respeito ao dono Silvio Santos. Parece que vai até a metade do ano que vem, mas nem sobre isso existe alguma certeza. Os prejuízos, sim, são conhecidos e não são de agora. O ‘Domingo Legal’, entre as principais vítimas, nunca mais conseguiu se colocar em condições de disputa com o concorrente ‘Domingo Show’, da Record, que esperta, mas indecorosamente – em flagrante desrespeito aos clientes, paga todos os seus breaks comerciais ainda durante a exibição da Disney. Número de ligados lá embaixo. E, depois segue sem fazer intervalos frente ao fragilizado programa do Portiolli. Briga ingrata. Esta é só mais uma entre as tantas equações - a da entrada do dinheiro fácil, mas caro - que ninguém sabe como resolver. Guardadas as proporções, a Disney é a igreja que o SBT não tem.


Endereço errado
Por algum engano, veio parar aqui um email distribuído para todo mercado pelo comercial da Bandeirantes. E o que se viu, de mais urgente, é a necessidade de contratar um revisor. Se venderem do jeito que escrevem, a Band está morta.

Alguém sabe?
E agora, depois que SBT, Record e Rede TV! restabeleceram relações comerciais e de amizade com as operadoras, o que se faz com aquele aparelhinho que o Silvio Santos e Marcelo de Carvalho mandaram a gente comprar na Santa Ifigênia? Não, não. Não precisa responder.

Apoio importante
O fato de o SBT ter voltado para as principais operadoras de TV paga, como Sky e Net/Claro, foi intensamente comemorado pelo pessoal da AACD. Desta forma, a campanha Teleton, dias 27 e 28 de outubro, também poderá contar com essa importante audiência durante a maratona.

Deu muito pé
Depois do sucesso do especial Chacrinha, que reduziu a concorrência a pó mesmo em véspera de feriado, passou a existir na Globo a ideia de reviver muito do que ela fazia em décadas passadas. Uma revisita aos seus antigos sucessos. As bem-sucedidas experiências com ‘Sai de Baixo’, ‘Escolinha’ e ‘Chacrinha’ dão essa certeza.

Deram um doce
Sabendo do seu descontentamento, cada vez mais fora das escalas e em vias de perdê-lo para uma concorrente às vésperas da Copa da Rússia, deram o nome de José Silvério para a equipe de esportes da rádio Bandeirantes. A situação está bem desagradável. A Transamérica acompanha de perto.

De perder o sono
Um apresentador da Band, em Goiânia, que nem sei como se chama, desferiu ataques furiosos a este que vos escreve, porque aqui foi falado das várias demissões que acontecem por lá. Tudo certo. Fica, inclusive, o compromisso de descobrir o seu nome quando ele chegar a, pelo menos, um pontinho de audiência.

Entrando na reta
Com “A Força do Querer” caminhando para suas últimas semanas de exibição na Globo, Glória Perez, já nos próximos dias, vai dar um pouco mais de destaque para os personagens de Fiuk e Marco Pigossi, Ruy e Zeca, respectivamente. Na verdade, começará a explicar como eles se salvaram, no início da novela, após serem levados pela correnteza do rio.

Curioso isso
É interessante verificar como os realities shows acabam modificando e alterando os rumos da vida de muita gente. Ontem, após “A Fazenda”, além de outros, constatou-se que ex-BBB, por exemplo, virou profissão. Já há, e são muitos, os que não fazem ou não sabem fazer outra coisa.

Primeira impressão
As informações sobre a estreante Vitória Strada, protagonista de “Tempo de Amar”, próxima das seis na Globo, são muito positivas e a jovem tem tudo para chamar atenção neste trabalho. Certeza esta de quem já teve a oportunidade de conferir suas primeiras gravações. Um lançamento que promete fazer tanto barulho quanto Camila Queiroz.


Mauricio Fidalgo-Globo

Ibope – Noite de recordes segunda-feira na Globo com ‘Os Dias Eram Assim’ - 32 pontos de média e 48% de participação - e “A Força do Querer”, 44 com 58% de share. Dados da Grande São Paulo. (Na foto: Juliana Paes e Emílio Dantas)


Bate – Rebate

  • A versão internacional da série ‘Supermax’, com os brasileiros Laura Neiva e Felipe Hintze no elenco, estreia dia 15 na HBO da Espanha. 
  • Aline Prado, ex-’Vídeo Show’, vem aí com o ‘Na Cacholla’, seu programa no Youtube...
  • ... Segundo a apresentadora, um espaço voltado para discutir autoimagem e afirmação...
  • ... O lançamento vai acontecer no fim deste mês. 
  • A palavra “exclusivo”, além dos seus derivados, nunca foi tanto usada na imprensa do Brasil como nos tempos de agora...
  • ... São vários os casos em questão que acaba sobrando “exclusivo” pra tudo quanto é lado. Presta atenção.
  • Zé Simão ontem: “Temer parece pombo de catedral: peito estufado e só faz cagada!”.
  • Cacá Rosset e Paulo Betti também gravaram para o ‘Tá Certo?’, programa do Warley Santana na TV Cultura. 
  • A propósito da Cultura hoje é a vez da Regina Braga no ‘Persona em Foco’, do Attílio Bari, 11 da noite.
  • Direção da Record entende que a recuperação da audiência perdida no desligamento do cabo, será lenta, mas progressiva.

C´est fini

Como já colocado por aqui, a Copa do Mundo na Rússia e as eleições vão provocar várias mudanças na programação da Globo em 2018. Isso inclui a próxima supersérie, ‘Onde Nascem os Fortes’. O seu período de duração será bem menor que o de ‘Os Dias Eram Assim’, que chegará ao fim, dia 18, com um total de 88 capítulos. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop