Record tenta tirar do ‘Cidade Alerta’ a marca do Marcelo Rezende

21/09/17 às 10:00 Por: Flavio Rico Colaboração: José Carlos Nery

Mesmo com tudo resolvido desde segunda-feira, apenas ontem a Record comunicou ao Luiz Bacci da sua efetivação como novo apresentador do ‘Cidade Alerta’. E as decisões a respeito do programa, pós-Marcelo Rezende, não ficaram apenas na inevitável troca de comando, mas em tudo aquilo que faça menção ou possa lembrar o antigo titular. Até mesmo as brincadeiras, marca pessoal, criadas para tirar o peso do noticiário policial, terão que ser renovadas, assim como sumir com todos os objetos de cena até então utilizados, entre os quais, o “trono macabro”, desenhado especialmente para Percival de Souza. Nada, daqui em diante, poderá lembrar o Marcelo, até porque ele foi único. Existe a convicção que o Bacci, com as qualidades que tem, saberá colocar no programa a sua própria assinatura. E vida que segue.


E um detalhe
O ‘Cidade Alerta’, é bom que se esclareça, é uma marca da Record. Programa dela de muito tempo, desde 1996, com Ney Gonçalves Dias e por onde depois passaram vários apresentadores – João Leite, Gilberto Barros, Datena, Milton Neves e Oscar Roberto Godói para citar alguns. Além, claro, do Marcelo Rezende. Cada um a seu tempo. Qualquer outro motivo poderia justificar a sua extinção, menos o falecimento do Marcelo.

Mistério
A chamada no ar do SBT, estimulando as pessoas com a questão “o que você gostaria de dizer ao Silvio Santos?”, é um segredo até mesmo dentro da emissora. Trata-se de uma iniciativa do próprio. Nem os diretores ou os mais próximos sabem exatamente do se trata. E no que isso vai dar.

Está andando
Entre algumas reuniões que já aconteceram, a realizada na semana passada abriu perspectivas bem interessantes para que a Bandeirantes possa transmitir a Copa da Rússia no ano que vem. É um projeto que o vice Marcelo Meira está encabeçando.

Ponto importante
Fontes desta coluna revelam que várias propostas foram trocadas entre Globo e Band nos últimos dias e que está havendo um esforço muito grande para isto se acertar o mais rapidamente possível. O dia 27, quarta da semana que vem, é colocado como prazo limite.

Passe de mágica
Em ‘A Força do Querer’, capítulo de terça, teve uma troca de tiros como poucas vezes se viu na televisão e, muito provavelmente, fora dela. O traficante Rubinho (Emilio Dantas), escondido atrás de um carro, contra a polícia. Bala pra todo lado. Corta. Cena seguinte: ele já aparece confortavelmente no barraco dele. O cara é bão. Presume-se que entre mortos e feridos, salvaram-se todos.

Nova central
Está em vias de aprovação final, faltando só mais uma assinatura, o projeto da nova base de jornalismo da Record, na Barra Funda, em São Paulo. A área destinada é onde hoje estão os estúdios ‘L’ e ‘M’, bem atrás do RH. Nesses próximos dias deve sair o “ok” para o início da obra, que deve durar cerca de um ano.

Nova base
A Rede TV!, por sua vez, vai inaugurar na próxima quarta-feira, com solenidades de praxe, a sua nova sede em Brasília. A diferença, além de outros avanços, é que agora será uma sede própria.

Nota social
Daniela Albuquerque e Amilcare Dallevo, ainda em se tratando de Rede TV!, tiraram a semana para comemorar os 10 anos de união. Fernando de Noronha foi o destino escolhido.


Tom no Edu – Tom Cavalcante será uma das atrações no júri do ‘Humoristinhas’, ao lado de Gabriel Louchard, Titi Müller e Fernanda Souza. É o novo programa do Eduardo Sterblitch no Multishow, com a proposta de revelar novos talentos, entre crianças de 7 a 11 anos. Estreia segunda, às 21h45.


Bate – Rebate

  • Liberados pela Record, Sérgio Marone, Ticiane Pinheiro e Marcos Mion vão participar da transmissão do ‘Teleton’ no SBT. Marone fará o Teleton na sexta, 27 de outubro, porque no sábado irá ao Peru apresentar um concurso de miss. 
  • Fabio Assunção, depois de ‘A Fórmula’, agora tem a supersérie ‘Onde Nascem os Fortes’ como próximo trabalho. Gravações na Paraíba a partir de novembro, mas trabalho já em curso, com provas de caracterização e figurino. O seu papel será o de um juiz corrupto.
  • O jornalismo da Rede TV! enviou Igor Duarte para cobrir as consequências do terremoto no México.
  • O ‘Batalha dos Confeiteiros’, além da Record, seguirá o seu caminho normal na TV paga, com exibições no Discovery Home & Health, que além de coprodutor é dono do formato. No ar em 2018.
  • Miriam Leitão estreia em outubro na Globo News a série ‘Histórias do Futuro’, em 10 episódios, inspirada no seu livro homônimo. 
  • Luciana Gimenez gravou, pela primeira vez, o ‘Legendários’, do Marcos Mion. Em breve, ele irá retribuir a visita com entrevista ao ‘Luciana By Night’.

C´est fini
Iris Abravanel foi ontem ao SBT para o seu primeiro encontro com toda a equipe da novela ‘Poliana’, substituta de ‘Carinha de Anjo’, que tem seu início de gravações previsto para a primeira semana de outubro. Por enquanto, apenas trabalhos preparatórios. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop