Assadeiras de vidro quase não oferecem segurança

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) deve elaborar normas específicas para esse tipo de produto

25/09/17 às 00:00 - Atualizado às 08:28

As assadeiras de vidro estão presentes nas cozinhas de muitos brasileiros. E não são raros os relatos sobre acidentes causados por esse produto. Por isso, a Proteste -Associação de Defesa do Consumidor testou alguns modelos presentes no mercado e o resultado não foi dos melhores. 

Para fazer a avaliação, foi preciso adaptar testes aplicados em materiais de vidro de outros produtos, uma vez que não existe norma específica para assadeiras de vidro. No critério resistência, foram analisados quais modelos teriam chances de quebrar devido a choque térmico.

Vale destacar que, nas instruções dos refratários, o usuário é orientado a não colocá-lo ainda quente em contato com produtos e superfícies frias ou molhadas. Porém, descuidos acontecem. E o ideal é que você não fique refém desse tipo de problema.

Sete modelos foram analisados: Hercules Vetro retangular 3,1 litros, Brinox Chef oval 3,3 litros, Sempre oval 2,5 litros, Sempre retangular 3 litros, Hercules Vetro oval 2, 8 litros, Marinex oval 3,2 litros e Marinex retangular 2,9 litros.. Três modelos se saíram muito mal nessa análise: o Hércules oval e ambos os da marca Marinex. O primeiro trincou e os outros dois espatifaram. Por esse motivo, desaconselhamos a compra dessas assadeiras.

Caso um refratário de vidro caia no chão e se quebre, o esperado é que haja estilhaços em grande quantidade, e os menores possíveis, pois isso diminui os riscos de lesões mais graves. Contudo, não foi o que aconteceu. Ao se quebrarem, todos os modelos deram origem a pedaços grandes e pontiagudos, que aumentam a possibilidade de o usuário se cortar.

Diante disso,a Proteste solicitou à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a elaboração de uma norma específica para assadeiras de vidro. Um aspecto bom que foi constatado no teste é que, no geral, os refratários trazem dados claros sobre modo de usar, segurança e limpeza.

A melhor do teste foi a Hércules Vetro, com capacidade para 3, 1 litros. O modelo foi um dos que conseguiu manter a comida quente por mais tempo. No entanto é um dos mais caros e pesados do mercado e, quando quebra, os estilhaços formados são muito pontiagudos.


Para evitar acidentes, fique de olho nas dicas

  • Não é aconselhável colocar a assadeira de vidro no forno já preaquecido. Ou seja, prefira inseri-la no momento em que o forno for ligado. 
  • Jamais utilize o recipiente como suporte para sacos de pipoca de micro-ondas. 
  • Embora o esperado é que a assadeira seja resistente a choque térmico, procure não apoiá-la sobre recipiente frio ou molhado logo após retirá-la do forno. Use um descanso de panela. 
  • Saiba que os refratários de vidro podem ser colocados na lava-louças. Se for lavar manualmente, use detergente neutro e esponja macia para evitar arranhões. 
  • Para facilitar a limpeza, coloque água e sabão dentro do recipiente, após ele esfriar, e espere cerca de 20 minutos. 
  • Use luvas de proteção para retirar o produto do forno. 

Choque térmico trinca produtos

Em um dos testes realizados para verificar se as assadeiras de vidro têm chances de quebrar devido ao choque térmico, cada um dos sete modelos foram testados em um forno a uma temperatura de 200o C.
Após 30 minutos, o refratário foi retirado do forno e então colocado sobre um descanso de panelas.
O próximo passo foi adicionar água, a uma temperatura média de 15o C, ao vidro ainda quente.
Logo depois desse procedimento, o modelo Hércules oval trincou. Já os dois da marca Marinex ficaram completamente estilhaçados.
Embora os produtos tragam a indicação de que, quando ainda quentes, não devem entrar em contato com superfícies frias ou molhadas, descuidos acontecem. Ou seja, logo após tirar o almoço ou jantar do forno, é possível que o usuário apoie o refratário sobre a pia, e a consequência disso pode ser a sua quebra.
O ideal é que os consumidores não fiquem refém desse tipo de problema e, dessa forma, desaconselhamos a compra dos produtos Hércules oval e Marinex oval e retangular.
O ideal é preferir aos formas convencionais que não apresentem esse tipo de problema e diminir as chances de acontecerem acidentes na cozinha.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop