Cidade do Paraná tem torneio de arremesso de celular

30/09/17 às 15:35 - Atualizado às 15:41 Redação Bem Paraná
(foto: Adenésio Zanella/Itaipu)
Celulares quebrados ou sem uso são as matérias-primas para os competidores de uma divertida disputa que acontece neste domingo (1º), das 10h às 16h, no Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. 
 
O Torneio Sul-Americano de Arremesso de Celular chega a sua décima edição com a proposta de estimular o descarte adequado do lixo eletrônico a partir desta nova modalidade esportiva. A proposta é aliar esporte, sustentabilidade e boa ação. No momento da inscrição, os participantes devem doar dois quilos de alimentos não perecíveis.
 
O evento faz parte das comemorações de aniversário da Segurança Empresarial de Itaipu (criada em 3 de outubro).
 
As atrações do Gramadão começam às 8 horas, mas período para os arremessos vai das 10h às 16h. A participação é por ordem de chegada e cada pessoa tem direito a até dois arremessos. As premiações serão entre 17h e 18h.
 
São quatro categorias: masculino juvenil (até 12 anos), masculino adulto, feminino juvenil e feminino adulto. As premiações incluem hospedagem em hotéis do município, passeios turísticos em Foz do Iguaçu (como sobrevoo sobre as Cataratas do Iguaçu), opções gastronômicas, ingressos para o cinema e outros presentes cedidos por comerciantes locais.
 
O participante recebe uma camiseta ou um boné e pode levar para casa uma muda de árvore nativa da região. Os troféus para os vencedores também serão diferente, feito em impressora 3D.
 
O prêmio principal, uma viagem para Maceió com direito a acompanhante, será concedido apenas para quem quebrar o recorde do torneio, de 102,03 metros. Se ninguém ultrapassar esta marca, o pacote de viagem será sorteado entre todos os inscritos.
 
Chegue cedo
 
O tempo instável na região não deve afetar a programação. Os organizadores contam com a trégua da chuva na manhã e tarde de domingo, segundo previsão do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar).
 
A organização reforça: é preciso chegar cedo para não perder a chance de arremessar seu celular. “O movimento no Gramadão aumenta no final da tarde. Muita gente vinha ao final, em outros anos, e nem sempre conseguia participar”, explica Gabriel Campos Neto, da Segurança Empresarial de Itaipu e organizador do torneio.
 
A parte da manhã é mais tranquila e também concentra as ações paralelas, como o 4º Mutirão da Saúde, das 8h às 13h.
 
Grupos de colecionadores de carros antigos também vão expor seus veículos no Gramadão, durante o evento. Uma mostra de paramotores será outra atração paralela ao torneio.
 
Profissionais da Polícia Ambiental e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estarão no local para orientar a população sobre vários assuntos. A Regional de Saúde promoverá exames de HIV, sífilis, hepatite, pressão arterial, diabetes e glicemia no Mutirão da Saúde.
 
“Já batemos nosso recorde de arrecadação de alimentos e acreditamos que é possível ultrapassar outras marcas, como o arremesso mais distante e o número de participantes”, projeta Gabriel Neto.
 
Aparelhos eletrônicos antigos serão recebidos em um posto no local, com a garantia de descarte ambientalmente correto no 7º Mutirão de Coleta de Resíduos Eletrônicos. Em todas as suas edições, o torneio recolheu 28 toneladas deste tipo de resíduo, considerado nocivo à natureza se depositado em aterros sanitários comuns.  
 
Boa ação
 
Nesta décima edição, o torneio tem já tem confirmada a doação de mais de 11 toneladas de alimentos, previstos para serem repassados por empresas parceiras da iniciativa. Pessoas físicas também podem contribuir para aumentar este número. Durante evento, um posto receberá doações individuais de alimentos (para quem concorrer, a entrega de 2 kg é obrigatória).
 
As contribuições serão distribuídas para 24 entidades em Foz do Iguaçu (20), Santa Terezinha de Itaipu (3) e Ciudad del Leste (1). Desde 2008, o evento arrecadou mais de 42 toneladas.
 
 
0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop