Na bola parada defensiva, Atlético é o segundo pior do Brasileirão

02/10/17 às 18:19 - Atualizado às 18:23 Silvio Rauth Filho
Henrique Dourado cabeceia para marcar o gol do Fluminense sobre o Atlético, após escanteio (foto: Geraldo Bubniak)

O Atlético Paranaense é o segundo time que mais sofreu gols em lances de bola parada no Campeonato Brasileiro de 2017. A estatística inclui inclui gols de falta (direto ou cruzamentos) e escanteios. Pênaltis não fazem parte dessa conta.

A equipe mais vulnerável da competição na bola parada é a Ponte Preta, que sofreu 11 gols dessa forma. O Atlético-PR levou dez gols nesse tipo de lance. Fica em segundo lugar nesse ranking empatado com Cruzeiro, Sport e Fluminense. A equipe mais eficiente na bola parada defensiva é o Santos, que só sofreu dois gols dessa forma.

No último domingo, o Atlético-PR perdeu por 2 a 0 para o Atlético-MG na Arena da Baixada. O primeiro gol do time mineiro surgiu em escanteio. Valdívia cruzou, os zagueiros Thiago Heleno e Wanderson falharam e a bola sobrou para Robinho chutar.

Na bola parada ofensiva, o Atlético-PR é o sétimo colocado, com sete gols marcados dessa forma. O melhor é a Chapecoense, com 13 gols nesse tipo de jogada.

No aspecto ofensivo, o destaque do Atlético é o zagueiro Thiago Heleno, com três gols aproveitando cruzamentos de bola parada. Os melhores cobradores são Nikão (duas assistências de escanteio) e Guilherme (uma assistência de escanteio e uma assistência de falta). O único gol de falta direta do time na competição foi marcado por Felipe Gedoz – na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Atlético Paranaense
Blogs
Ver na versão Desktop