Feriadão

11/10/17 às 00:00
(foto: Pedro de Oliveira)

Não contente com a folga do dia da padroeira do Brasil, comemorado no dia 12 de outubro, quinta-feira, a Assembleia Legislativa decidiu antecipar o feriadão. A pretexto de antecipar a sessão de hoje, os deputados estaduais promoveram ontem duas sessões – uma pela manhã, iniciada às 10 horas, e outra no período da tarde, que começou às 13h30.

Ausência
Na sessão de segunda-feira, chamou a atenção a atitude do deputado estadual e pré-candidato ao governo, Ratinho Júnior (PSD), que se ausentou do plenário bem na hora em que ia ser votado em segundo turno o projeto que institui o teto de gastos do Estado para os próximos dois anos, “congelando” os salários dos servidores públicos paranaenses até 2019. Ratinho Jr compareceu à sessão e permaneceu em plenário até o momento da votação da proposta, retornando em seguida.

Veja e Globo
Na Câmara Municipal de Curitiba, vereadores da bancada evangélica protestaram contra a revista Veja e a TV Globo, por supostos ataques ao segmento religioso que eles representam. O protesto começou com críticas do vereador Ezequias Barros (PRP) contra o artigo “Essa gente incômoda”, publicado pela Veja, em que José Roberto Guzzo aborda a expansão das denominações evangélicas no Brasil. A ele se juntaram em seguida os vereadores Osias Moraes (PRB), Thiago Ferro (PSDB), Noemia Rocha (PMDB) e Dr. Wolmir Aguiar (PSC) com críticas à forma como a fé deles estaria sendo tratada pela mídia.

Boicote
Os parlamentares reclamaram também de reportagens na última edição do programa Fantástico, da TV Globo, no domingo, e voltaram a citar o caso da exposição Queermuseu, em Porto Alegre (RS), suspensa após acusações de veicular “pornografia”. No fim da sessão, duas moções de repúdio contra a revista e a emissora foram apresentadas e devem ser votadas hoje. Osias Moraes chegou a pregar um boicote contra a rede de TV. “Há uma corrente para a sociedade aceitar esses absurdos, essa inversão de valores”, disse Moraes, convocando os vereadores a aderirem à campanha “Um dia sem Globo”, no dia 23 de outubro. Ele se referiu à emissora como “Rede de Esgoto” e disse não assistir o canal “há muitos anos”.

Limite
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) expediu alerta de despesa de pessoal aos municípios de Rio Bonito do Iguaçu, Luiziana e Ventania por terem ultrapassado os limites de gastos com pessoal. Neste ano, as Câmaras de julgamento do Tribunal já emitiram 213 alertas de gastos de pessoal, referentes a 165 municípios, em relação aos exercícios de 2015 e 2016.

Arquivado
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou um inquérito da Lava Jato que investigava há quase um ano o deputado federal paranaense Zeca Dirceu (PT), filho do ex-ministro José Dirceu. A decisão atendeu a um pedido do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O caso está em segredo de Justiça.

Delação
O inquérito tinha por base a delação premiada do empresário Milton Pascowitch, que descrevia contratos superfaturados entre a Diretoria de Serviços da Petrobras e a empresa Hope. Porém, no pedido de arquivamento, o então procurador Janot, afirmou que não foi constatada a participação do deputado federal Zeca Dirceu nos possíveis crimes, e que “nem se verificam novos rumos investigatórios”. “Sempre afirmei que não havia qualquer fato que ligasse meu nome a qualquer tipo de negócio duvidoso ou esquema criminoso, como ficou demonstrado ao final do inquérito, tanto pelo Ministério Público Federal, e também, agora, pelo ministro Edson Fachin”, disse o parlamentar.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Política em debate
Política em Debate ‘Fake news’
Blogs
Ver na versão Desktop