Chuva destelha casas e derruba parte do teto da UPA do Tatuquara

12/10/17 às 09:08 - Atualizado às 15:15 Redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Arquivo Bem Paraná)

O temporal que atingiu o Estado na tarde desta tarde de quarta-feira (11) e madrugada desta quinta (12) causou prejuízos para os moradores de Curitiba, Almirante Tamandaré, Araucária e Campo Largo, municípios da na Região Metropolitana de Curitiba, segundo as informações da Defesa Civil Estadual.

Em Almirante Tamandaré quatro residências ficaram alagadas na região do bairro Bonfim. Ao todo, 16 pessoas tiveram prejuízos. E em Araucária, o muro do Colégio Estadual Professora Marise cedeu e uma parte de terra deslizou para o quintal de uma casa vizinha. A residência foi isolada pela Defesa Civil e 11 pessoas foram afetadas. Em Campo Largo, a chuva de granizo deixou o gramado das casas branco.

Em Curitiba, segundo a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Curitiba, houve o chamado para o atendimento de sete ocorrências no período de 18h19 de quarta-feira (11/10) à 00h55 de quinta-feira (12/10). Em nenhuma delas houve vítimas, nem desabrigados.

Os atendimentos foram de alagamentos pontuais em ruas do Bairro Alto, Bacacheri, Atuba e Novo Mundo. Na CIC houve o registro de um destelhamento de casa e os moradores receberam atendimento e 32 m² de lonas plásticas. No Atuba houve a queda de um muro e uma área foi isolada porque há riscos de queda de um pinheiro. O Corpo de Bombeiros também fez avaliação do local.

Parte do teto de gesso da UPA do Tatuquara cedeu por conta das chuvas da noite desta quarta-feira, 11 de outubro. A calha cedeu e não conteve a água das chuvas. Uma equipe de obras que atende à Secretaria Municipal de Saúde foi acionada reconstituir o dano. As medições foram feitas e a recomposição da calha e do teto de gesso serão executadas a partir de amanhã. A área onde ocorreu o alagamento foi isolada para que o atendimento aos pacientes não seja afetado.

O problema nas calhas da UPA já havia sido identificado e a empresa responsável pela construção da UPA e pelos trabalhos de manutenção acionada para fazer a obra, o que não ocorreu no tempo previsto. A empresa foi notificada e deverá sofrer sanções administrativas. O trabalho emergencial de recomposição da área danificada da UPA do Tatuquara está sendo feito a partir de um contrato próprio de manutenção de instalações da SMS.

De acordo com o Simepar, neste feriado uma área de baixa pressão se intensifica entre a Região Sul do Paraguai, Santa Catarina e Rio Grande do Sul com muita chuva nesses dois Estados.

No Paraná, o tempo continua muito abafado e quente e com maior instabilidade atmosférica nos setores mais da metade sul. Por isso, há previsão de pancadas de chuva isoladas com trovoadas, principalmente nas regiões mais próximas a Santa Catarina e na RMC.

Nos setores mais ao norte do Estado o sol predomina e faz bastante calor.

Atualizada às 11h08

Blogs
Ver na versão Desktop