Acidente causado por ex-deputado Carli Filho terá reconstituição nesta quinta

12/10/17 às 10:37 - Atualizado às 13:48 Redação Bem Paraná com assessoria

O trânsito na Rua Monsenhos Ivo Zanlorenzi, esquina com Rua Paulo Gorski, no Monssuguê, estará complicado nesta tarde de quinta-feira, 12, no período da 15 às 20 horas.  Isso ocorrerá porque será realizada uma perícia para a reconstituição do acidente em que o ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, dirigindo embriagado matou os jovens Gilmar Rafael Yared, de 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, 20 anos, 7 de maio de  2009. 

A prefeitura informa que não haverá bloqueio da via. Os agentes da Secretaria de Trânsito (Setran) farão o monitoramento e orientação dos motoristas no local. 

Rafael Yared era filho da deputada federal Christiane Yared.  O documento de resultado desta perícia, pedida pela defesa do ex-deputado, será anexado ao processo civil, que discute indenização à família responsabilização dos réus das esfera social e, de acordo com os advogados de defesa e acusação, não tem impacto na esfera criminal, ação movida pelo Ministério Público que pede a prisão de Carli Filho. 

Histórico. 

A briga judicial envolvendo a família das vítimas do acidente e do ex-deputado Carli Filho já dura 8 anos.  Depois de várias tentivas de evitar que o caso fosse a Júri Popular, o julgamento de Carli Filho foi inicialmente marcado para janeiro de 2016. No entanto, após recursos da defesa do ex-deputado, a data acabou suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Em fevereiro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou o último recurso da defesa e liberou o juiz de primeira instância a marcar o julgamento. Contudo ainda não há data definida para que Carli Filho seja julgado.

 

 

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop