Paraná enfrenta adversário triplamente perigoso

12/10/17 às 16:51 - Atualizado às 14:20 Silvio Rauth Filho
Douglas Baldini e Richard: mudança no gol (foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube volta a campo nesta sexta-feira (dia 13) às 20h30, na Vila Capanema, para enfrentar o Criciúma, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paranaense tem vários motivos para empolgação: é o melhor mandante da competição, tem o maior aproveitamento de pontos do returno e está perto de mais um recorde de público. No entanto, todo cuidado com o adversário é pouco.

O Criciúma tem três motivos que acionam o sinal de alerta. Desde que o Paraná foi rebaixado, a equipe catarinense virou uma das principais pedras no sapato. Nos últimos oito confrontos entre os dois, o Criciúma venceu quatro e empatou quatro. Ou seja, nenhuma vitória do Tricolor da Vila Capanema. A última foi em 2011, em Santa Catarina, por 2 a 1, com gols do zagueiro Brinner e do volante Cambará.

Outro motivo para ficar atenta à equipe catarinense é a boa fase. O Criciúma tem a quinta melhor campanha do returno (quatro vitórias, quatro empates e uma derrota). Além disso, o time é o quinto melhor visitante da Série B 2017, com quatro vitórias, seis empates e quatro derrotas fora de casa.

As qualidades do adversário servem de alerta, mas não chegam a reduzir o favoritismo do Paraná na partida. O time paranaense vem de 11 partidas seguidas sem perder como mandante e pode igualar a melhor sequência do Brasil.

O Paraná é o melhor mandante da Série B 2017, com 11 vitórias, dois empates e uma derrota em casa (83% de aproveitamento dos pontos). Também é a equipe com maior aproveitamento de pontos no returno (81,5%), com sete vitórias, um empate e uma derrota.

Não é por acaso que a diretoria espera 15 mil pessoas na Vila Capanema nesta sexta-feira, que registraria o melhor público do ano no estádio. Até agora, o recorde é contra o Londrina, na Série B, com 14.006 pagantes.

Os ingressos populares para a partida – os setores Curva Norte e Reta do Relógio – esgotaram na última segunda-feira. Até o final da quinta-feira, restavam apenas entradas para os setores Cadeiras, Sociais e Visitantes.

Escalação — O Paraná não terá o goleiro Richard, suspenso. Com isso, Douglas Baldini, 22 anos, ex-Araçatuba-SP e XV de Piracicaba. Ele só atuou por 20 minutos pelo time paranaense – foi contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil. O técnico Matheus Costa continua sem contar com o volante Leandro Vilela, lesionado. Vinícius Kiss segue como titular.

PARANÁ x CRICIÚMA
Paraná: Douglas Baldini; Cristovam, Iago Maidana, Brock e Igor; Vinicius Kiss, Gabriel Dias, João Pedro, Renatinho e Robson; Alemão. Técnico: Matheus Costa
Criciúma: Luiz; Maicon Silva, Nino, Édson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho, Caíque, Alex Maranhão e Silvinho; Lucão. Técnico: Beto Campos
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Local: Vila Capanema, sexta-feira às 20h30

OS ÚLTIMOS CONFRONTOS
Entre Paraná e Criciúma
Criciúma 1x2 Paraná Série B 2011
Paraná 0x0 Criciúma Série B 2011
Criciúma 2x1 Paraná Série B 2012
Paraná 1x1 Criciúma Série B 2012
Paraná 0x0 Criciúma Série B 2015
Criciúma 0x0 Paraná Série B 2015
Criciúma 3x2 Paraná Série B 2016
Paraná 1x2 Criciúma Série B 2016
Criciúma 2x1 Paraná Série B 2017

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop