Ciberataque usa isca do Adobe Flash para infectar equipamentos

25/10/17 às 19:21 Redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Reprodução )

Um ciberataque atingiu os sistemas do aeroporto internacional de Odessa e do metrô de Kiev, na Ucrânia, além de meios de comunicação da Rússia e mais de outras 200 entidades. Turquia e Alemanha também foram afetadas em menor escala. Os ataques ocorreram na manhã desta terça-feira,24. As informações são da empresa de segurança digital Kaspersky.

O responsável pelo ataque é o vírus BadRabbit. De acordo com a Kaspersky, as vítimas abriram manualmente o arquivo malicioso, que se apresenta como um programa de atualização do Adobe Flash – que será descontinuado a partir de 2020 justamente por conta das ameaças digitais.

Pesquisadores de segurança dizem que o BadRabbit é uma ameaça do tipo ransomware, ou vírus de resgate, que sequestra os dados dos usuários e só os libera mediante pagamento em moedas virtuais.

No caso específico do BadRabbit, a ameaça bloqueia não só os arquivos, como todo o computador da vítima. O valor de resgate solicitado pelo BadRabbit em Bitcoin é de 0,05 BTC, o que atualmente equivale a cerca de R$ 900. 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop