Dicas para não errar na ‘festa da firma’

Empresas reúnem funcionários para comemorar o ano, mas ainda é trabalho

31/10/17 às 00:00

A cerca de dois meses para as festas de fim de ano, já começam os burburinhos nas empresas sobre as festas de confraternização. Antes de torcer o nariz e tentar pular essa etapa, vale ressaltar que essas festas fazem parte do trabalho também. Elas servem especialmente para unir a equipe, fortalecer o networking entre os funcionários, valorizar e reconhecer a dedicação dos colaboradores e reforçar a imagem da empresa. Para muitos, entretanto, a "festa da firma" gera ansiedade, especialmente para os mais reservados.
"Com a presença dos altos cargos de liderança da organização, a postura de todos será avaliada. Porém, nada de se desesperar: trata-se de um dia para relaxar sem excessos", afirma a Master Coach e especialista em marketing pessoal Silvia Bez.
O clima informal desses eventos não deve ser motivo para que as pessoas percam os limites no ambiente profissional e terminem o dia com a imagem arranhada. "Fique atento desde o seu vestuário até a maneira como se comporta. Isso vale para bebidas alcoólicas, piadas, brincadeiras e observações a respeito da empresa."
Eventos de confraternização também valem como um termômetro do clima organizacional. "Uma abstenção significativa deve ser levada em consideração e o motivo para isso deve ser mapeado e corrigido. Afinal, colaboradores felizes com o trabalho e com a empresa buscam participar de momentos de congraçamento", completa a Master Coach.
"Mantendo um comportamento corporativo e, o mesmo tempo, descontraído, é possível tornar a festa um ótimo ambiente. Aproxime-se das pessoas com quem ainda tenha pouco contato para que, no próximo ano, o relacionamento com os colegas seja ainda mais agradável", finaliza Silvia Bez

Dicas para a festa da firma


1 Confraternização
As empresas costumam preparar uma festa de confraternização no final do ano para comemorar os resultados alcançados. É nesse momento de descontração que muitos funcionários se esquecem de que o evento é essencialmente corporativo e cometem exageros que podem resultar em demissão.

2 Não deixe de participar do evento
Quem não é visto não é lembrado. Segundo especialistas, muitos profissionais ficam estagnados na carreira porque não participam de festas corporativas. Dependendo da situação, o chefe pode preferir dar uma promoção para alguém que aparece mais e que sabe que pode confiar do que para alguém que prefere permanecer escondido, por exemplo.

3 Não exagere na bebida alcoólica
As festas costumam oferecer vários tipos de bebida alcoólica. Mas isso não significa que o consumo está totalmente liberado. É importante ter bom senso e não exagerar. Os desacostumados precisam dobrar a atenção.

4 Cuidado com as coreografias
Está liberado se divertir na festa e aproveitar o momento de descontração da empresa. Vale dançar e se divertir. Mas não se deixe levar por ritmos ou por coreografias pouco convencionais. Algumas danças podem causar constrangimentos e ainda render fotos em poses mais ousadas, que serão motivos de piadas e comentários mal intencionados no dia seguinte.

5 Não fale mal do chefe, nem use palavrões
Palavras de baixo calão estão proibidas na festa da firma. É preciso controlar o vocabulário. Mesmo que o funcionário trabalhe em setores mais masculinos, pode ser que não caia bem. É importante não expor a sua vida pessoal, não fofocar sobre os colegas de trabalho e não criticar a organização da festa. E o mais importante, não fale mal do chefe. Mesmo que não esteja sintonizado com o clima de alegria do evento, não se isole ou adote uma postura mal humorada. Simpatia e boa educação são bem vistos por todos

6 Cuidado com o traje
Apesar de a festa de final de ano ser mais despojada do que a maioria dos eventos corporativos, a confraternização da empresa não é uma balada. Evite modelos curtos, decotados, transparentes ou excêntricos. É importante ser cauteloso com churrascos e eventos em sítios, por exemplo. Se a festa for à beira de uma piscina e você quiser se refrescar, prefira maiôs menos cavados, no caso das mulheres. Para os homens, a regra é preferir shorts ao invés de sungas.

7 Aproveite para fazer contatos
É importante aproveitar o momento para melhorar os contatos dentro da empresa. É possível usar o ambiente da festa que para fazer contato com alguém de uma área que o funcionário deseja trabalhar. Dá para marcar um almoço e até receber umas dicas sobre como conseguir uma nova vaga na empresa.

8 Coma com moderação
Fique atento na hora da refeição para não encher o prato e transmitir uma imagem negativa. É melhor repetir a refeição várias vezes do que lotar o prato de comida. Coma pequenas porções e se houver algo que não seja do seu agrado, não se sinta obrigado a provar.

9 Evite chegar atrasado
Se a festa tiver um horário marcado, é importante não chegar atrasado. Também fique atento ao horário de ir embora. Não é bom ficar até o final da festa ou ser convidado a se retirar, principalmente se for preciso trabalhar no dia seguinte.

10 Seja sensato na escolha do presente
Se houver amigo secreto, seja sensato na escolha do presente. Respeite os valores pré-definidos e evite presentes pessoais, como perfumes e lingeries, por exemplo.

11 Evite paqueras
Paqueras sempre acontecem em qualquer tipo de reunião social. Mas a festa, apesar de informal, não deixa de ser da empresa. Seja discreto e use o bom senso.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop