Paraná terá tabela mais acessível até o fim do campeonato

Após sequência de rivais diretos, time faz maratona contra equipes que estão na parte de baixo

05/11/17 às 15:57 - Atualizado às 18:55 Rodolfo Luis Kowalski
Torcida na Vila Capanema: Paraná ainda terá dois jogos na Vila Capanema (foto: Geraldo Bubniak)

A derrota dentro da Vila Capanema no “jogo da década” diante do Oeste, na última terça-feira, foi um verdadeiro banho de água fria na torcida paranista. Isso, porém, não significa que o retorno à elite do futebol brasileiro, após 10 anos de Série B, tenha se tornado improvável.

Segundo o site Chance de Gol, mesmo com o tropeço o Paraná ainda tem 79% de chance de subir contra 32,3% do Oeste e 3,1% do Vila Nova. Diferença essa que não se explica apenas pela diferença na pontuação e colocação entre os clubes, mas principalmente pelo calendário de cada uma das equipes.

É que entre todos os seis times que ainda brigam pelo acesso, o Paraná é aquele que terá os adversários mais acessíveis, encarando nas últimas cinco rodadas cinco equipes que estão na metade de baixo da tabela. Ao todo, esses clubes somaram até aqui 189 pontos na competição, enquanto os adversários de Oeste e Vila Nova somam 224 e 216 pontos, respectivamente. O calendário mais difícil, porém, é o do Internacional (228 pontos).

Se a sequência de adversários é aparentemente favorável, por outro lado o time paranaense é, ao lado do Internacional, aquele que terá de atuar mais vezes como visitante nas últimas rodadas, com apenas dois jogos diante de seus torcedores (contra Luverdense e Boa Esporte). Os demais times entre os seis primeiros colocados terão três jogos com mando de campo.

Até aqui, o Tricolor da Vila tem apenas 31,25% de aproveitamento dos pontos disputados como visitante. Em 16 jogos foram três vitórias, seis empates e sete derrotas, com média de 0,94 gol marcado por jogo e 1,06 sofrido. A diferença quando comparado o desempenho como mandante chega a ser gritante: 30,39% de aproveitamento, com 1,77 gol pró por partida e 0,47 contra.

Adversários dos cinco primeiros colocados até o fim do campeonato
Mando de campo - Time: Colocação (pontuação)

 INTERNACIONAL
FORA - Luverdense: 17º (39)
CASA - Vila Nova: 6º (52)
FORA - Oeste: 5º (55)
Goiás: 9º (43)
Guarani: 15º (39)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 228

 AMÉRICA-MG
CASA - ABC: 20º (28)
FORA - Figueirense: 12º (42)
CASA - Juventude: 8º (49)
FORA - Londrina: 7º (49)
CASA - CRB: 16º (39)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 207

 CEARÁ
CASA – Guarani: 15º (39)
FORA – Goiás: 9º (43)
CASA – Paysandu: 11º (42)
FORA – Criciúma: 10º (43)
CASA – ABC: 20º (28)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 195

 PARANÁ
FORA – Brasil de Pelotas: 14º (39)
CASA – Luverdense: 17º (39)
FORA – Santa Cruz: 18º (32)
FORA – CRB: 16º (39)
CASA – Boa Esporte: 13º (40)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 189

 OESTE
CASA – Figueirense: 12º (42)
FORA – Juventude: 8º (49)
CASA – Internacional: 1º (62)
FORA – ABC: 20º (28)
CASA – Goiás: 9º (43)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 224

 VILA NOVA
CASA – Santa Cruz: 18º (32)
FORA – Internacional: 1º (62)
CASA – Figueirense: 12º (42)
FORA – Náutico: 19º (31)
CASA – Londrina: 7º (49)
TOTAL DE PONTOS DOS RIVAIS: 216 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop