Atlético é derrotado pelo líder Corinthians em jogo com pênalti perdido e polêmicas

08/11/17 às 22:59 - Atualizado às 16:34 Silvio Rauth Filho
Romero passa por Thiago Heleno, do Atlético (foto: Geraldo Bubniak)

O Atlético Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Corinthians, nessa quarta-feira (dia 8) à noite, na Arena da Baixada, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou na 12ª colocação, com 42 pontos, seis pontos acima da zona de rebaixamento. A equipe paulista continua na liderança, com 65 pontos. Clique aqui para ver a classificação do Brasileirão no site Srgoool.

Na luta pela vaga na Copa Libertadores, o Atlético agora ficou oito pontos atrás do G7 – o grupo dos seis classificados pelo Brasileirão mais o Cruzeiro, que é o 5º lugar e já está garantido na competição continental por ser o atual campeão da Copa do Brasil. A esperança do time paranaense é que o G7 possa virar G8 ou até G9. Para isso, precisa torcer para o Grêmio conquistar o título da Libertadores 2017 e o Flamengo, da Copa Sul-Americana 2017.

Clique aqui para ver a galeria de fotos do jogo.

PROTESTOS
A torcida organizada Os Fanáticos fez uma manifestação na praça em frente à Arena da Baixada durante a partida. O grupo assistiu ao jogo no local, em um telão. O protesto é contra decisões recentes da diretoria do Atlético (proibição de materiais de torcida dentro do estádio, regras da biometria e preços de ingressos).

PÊNALTIS
O Atlético perdeu um pênalti no primeiro tempo – Nikão cobrou e o goleiro defendeu. Foi a sexta cobrança de penalidade do time no Brasileirão e a terceira desperdiçada. Nikão (contra o Coritiba) e Gedoz (contra o Atlético-GO) erraram as outras. As cobranças convertidas foram de Gedoz (2) e Nikão (1). No intervalo do jogo, Nikão disse, em entrevista, que não vai mais cobrar pênaltis.

ARBITRAGEM
O árbitro deixou de expulsar o zagueiro Pablo, do Corinthians, aos 40 do 1º. No lance, ele chutou o peito de Lucas Fernandes, que estava caído no gramado. A arbitragem marcou apenas falta no início da jogada, sem cartão. Aos 44 do 1º, o Corinthians pediu a expulsão de Thiago Heleno, que acertou carrinho por trás em Romero. Ele levou amarelo no lance, que depende de interpretação do árbitro.

DESEMPENHO
O Atlético dominou a partida, com mais posse de bola e finalizações. No entanto, decepcionou na pontaria, no momento de definir o jogo. O Corinthians mostrou qualidade na marcação e atacou pouco, mas aproveitou uma das raras oportunidades que teve na partida. Ao final da partida, torcedores do Atlético vaiaram o goleiro Weverton, considerando que ele falhou no gol. Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores do time paranaense.

TÉCNICO
Foi o 23º jogo do técnico Fabiano Soares à frente do Atlético. Ele soma 7 vitórias, 6 empates e 10 derrotas, entre Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores

ESCALAÇÃO
Os desfalques no Atlético eram Guilherme (vetado por cláusula contratual) e Sidcley (suspenso), além de Deivid e Eduardo Silva (ambos em recuperação). O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com três meias ofensivos: Gedoz (centro), Nikão (direita) e Lucas Fernandes (esquerda). No Corinthians, as baixas eram Marquinhos Gabriel, Pedro Henrique, Vilson, Cássio, Gabriel e Jadson. O esquema tático era o 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
O jogo começou com o Atlético ofensivo, com avanços frequentes dos laterias e boa movimentação do quarteto ofensivo. O Corinthians era forte na marcação e perigoso no contra-ataque. O resultado foi uma partida com boas jogadas ofensivas das duas equipes. Aos 17, Romero entrou livre, nas costas da defesa, e chutou por cobertura. Weverton defendeu. Aos 19, Gedoz cobrou falta e acertou a trave. Aos 31, pênalti para o Atlético. Nikão chutou no meio do gol e Walter defendeu com os pés.

SEGUNDO TEMPO
O Atlético voltou melhor para o segundo tempo e passou a dominar a partida. A dificuldade era transformar o domínio em chances de gol, já que o Corinthians estava forte na defesa. Aos 26, a primeira troca no time paranaense: saiu o ponta Lucas Fernandes e entrou o meia Matheus Anjos. Na primeira vez que chegou ao ataque na segunda etapa, o time paulista abriu o placar. Giovanni Augusto chutou cruzado e acertou o cantinho, aos 31. Aos 36, Gedoz saiu lesionado. Entrou Douglas Coutinho. O Furacão seguiu pressionando, mas com dificuldades para finalizar com perigo. Aos 41, o goleiro Walter, do Corinthians, saiu lesionado. Entrou Caíque.

ESTATÍSTICAS
Ao fim de 90 minutos, o Atlético somou 14 finalizações (3 certas), 62% de posse de bola, 92% de eficiência nos passes e 9 escanteios. O Corinthians teve 6 arremates (3 certos), 38% de posse de bola, 89% de eficiência nos passes e 1 escanteio. Os dados são do Footstats.

ATLÉTICO 0 x 1 CORINTHIANS
Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Lucho González, Lucas Fernandes (Matheus Anjos), Gedoz (Douglas Coutinho) e Nikão (Pablo); Ribamar. Técnico: Fabiano Soares
Corinthians: Walter (Caíque); Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Camacho, Maycon (Paulo Roberto), Rodriguinho, Romero e Clayson (Giovanni Augusto); Jô. Técnico: Fábio Carille
Gol: Giovanni Augusto (31-2º)
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Fabrício (A). Maycon (C).
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Público: 19.384 total
Renda: R$ : 838.155,00
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
4 – Depois de escanteio, a bola chega para Lucho, que no cantinho, mas fraco. Walter segura.
5 – Clayson cruza. Romero entra livre e chuta para fora.
12 – Falta na direita. Gedoz cruza. Fabrício chuta ao lado do gol.
17 – Pablo lança. Romero entra nas costas da defesa e chuta. Weverton espalma.
19 – Falta de média distância. Gedoz chuta forte e acerta a trave.
31 – Nikão cruza. A bola bate no braço de Fagner. Pênalti. Nikão bate no centro do gol. Walter salva com os pés.
41 – Lucas Fernandes parte em contra-ataque e é derrubado por Balbuena.
44 – Falta perto da área. Gedoz cobra na barreira. Ribamar pega o rebote e chuta ao lado.

Segundo tempo
11 – Lucas Fernandes cruza. A defesa tira. Lucho pega o rebote na meia-lua e chuta ao lado.
30 – Ribamar chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
31 – Gol do Corinthians. Giovanni Augusto recebe na ponta-esquerda e chuta cruzado. Rodriguinho faz corta-luz e a bola entra no cantinho.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop