Líder da bola parada, Coritiba usa escanteios para empatar com o Flu

09/11/17 às 22:57 - Atualizado às 18:03 Silvio Rauth Filho
Alan Santos e Jonas, do Coritiba, disputam lance com jogador do Fluminense (foto: Divulgação/Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

O Coritiba empatou em 2 a 2 com o Fluminense, nessa quinta-feira (dia 9) à noite, no Maracanã, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 15º lugar, com 39 pontos, três pontos acima da zona de rebaixamento. A equipe carioca está na 12ª posição, com 43 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O jogo ampliou a vantagem do Coritiba como melhor time da bola parada na competição. Dos 38 gols marcados pelo Coxa no Brasileirão, 17 foram em faltas diretas ou em cruzamentos de escanteios e faltas para a área. É o líder da competição nesse quesito. O cálculo não inclui os pênaltis. Antes do jogo, o Fluminense era o quarto que mais sofria gols de bola parada (faltas e escanteios). Agora é o mais vulnerável da competição, com 14 gols dessa maneira.

O lateral-esquerdo Carleto participou de 13 dos últimos 17 gols da equipe. Contra o Flu, ele cobrou os escanteios para os dois gols. O zagueiro Werley chegou a quatro gols no Brasileirão – todos aproveitando escanteios ou faltas.

TÉCNICO
Marcelo Oliveira completou 17 jogos no comando do Coritiba em 2017, agora com 5 vitórias, 5 empates e 7 derrotas.

ESCALAÇÃO
Os desfalques no Coritiba eram Alecsandro, Rodrigo Ramos, Henrique Gelain, Walisson Maia, Geovane, Baumjohann, Neto Berola e Iago Dias. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com três meias ofensivos: Yan Sasse (centro), Tiago Real (direita) e Rildo (esquerda). O Fluminense não tinha Gum e Richard. O técnico Abel Braga manteve o 4-2-3-1, com Scarpa e Marcos Junior pelos lados do campo.

PRIMEIRO TEMPO
O Coritiba teve dificuldades na marcação no início e permitiu alguns chutes de média distância. Depois de corrigir essa falha defensiva, a partida passou a ser controlada pelo Coxa, que era rápido no contra-ataque e conseguia incomodar nas bolas paradas. E o gol veio em cobrança de escanteio. Aos 43, Carleto cobrou escanteio, Alan Santos desviou e Werley completou.

VIRADA DO FLU
O Flu voltou com postura radicalmente ofensiva e ficou completamente vulnerável na defesa. O Coritiba teve três bons contra-ataques em cinco minutos, mas cometeu erros individuais ao definir o lance. E pagou caro por isso. A pressão do time carioca rendeu a virada em poucos minutos. Aos 9, Soronoza cobrou escanteio, Henrique Dourado cabeceou fraco e Cleber Reis fez gol contra. Aos 10, Lucas cruzou e Cleber Reis deixou Henrique Dourado livre para cabecear e fazer 2 a 1.

TROCAS E EMPATE
Aos 18, duas substituições no Coxa. Saíram Rildo e Yan Sasse. Entraram Kleber e Getterson. A mudança de resultado e o time empatou aos 24, usando sua jogada forte. Carleto cobrou escanteio e Cleber Reis cabeceou no canto: 2 a 2. Depois disso, o jogo ficou aberto, com boas jogadas para as duas equipes.

ESTATÍSTICAS
Ao fim de 90 minutos, o Coritiba somou 14 finalizações (7 certas), 47% de posse de bola, 84% de eficiência nos passes e 11 escanteios. O Flu teve 11 arremates (2 certos), 53% de posse de bola, 92% de eficiência nos passes e 7 escanteios. Os dados são do Footstats.

FLUMINENSE 2 x 2 CORITIBA
Fluminense: Cavalieri; Lucas (Matheus Alessandro), Henrique, Renato Chaves e Marlon; Douglas, Matheus Norton (Wendel), Gustavo Scarpa, Sornoza e Marcos Júnior (Wellington Silva); Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga
Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis e Carleto; Jonas, Alan Santos, Tiago Real (Dodô), Yan Sasse (Getterson) e Rildo (Kleber); Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira
Gols: Werley (43-1º), Cleber Reis, contra (9-2º), Henrique Dourado (10-2º) e Cleber Reis (24-2º)
Cartões amarelos: Henrique Dourado, Sornoza (F). Rildo, Tiago Real (C).
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 9.597 pagantes (10.908 total)
Renda: R$ 195.785
Local: Maracanã

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
3 – Henrique Dourado cruza. Marcos Junior marca o gol. O árbitro anula por impedimento.
4 – Douglas chuta forte, de fora da área. Wilson espalma no cantinho.
6 – Carleto chuta de fora da área. Cavalieri espalma para escanteio.
30 – Bela troca de passes. Carleto cruza rasteiro. Rildo faz corta-luz na área e Yan Sasse chuta no canto. Cavalieri espalma.
43 – Gol do Coritiba. Carleto cobra escanteio. Alan Santos desvia na 1ª trave. Na 2ª, Werley chuta no canto.

Segundo tempo
3 – Rildo toca para Yan Sasse, que cai na área e pede pênalti.
9 – Gol do Flu. Sornoza cobra escanteio. Henrique cabeceia fraco. Cleber Reis tenta tirar e marca contra.
10 – Gol do Flu. Lucas cruza da direita. Henrique Dourado entra livre e cabeceia no canto.
17 – Rildo invade a área e chuta cruzado. O goleiro segura.
23 – Carleto cobra escanteio. Getterson cabeceia. Cavalieri defende.
24 – Gol do Coritiba. Carleto cobra escanteio. Cleber Reis cabeceia no canto.
30 – Werley lança. Kleber entra nas costas da defesa, invade a área e chuta. A zaga tira.
39 – Dodô faz boa jogada e rola para Kleber, que chuta no cantinho. Cavalieri defende.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop