Paraná ganha dois reforços para reta final da Série B

Leandro Vilela e Minho voltam a ser opções após 42 e 72 dias fora de combate, respectivamente

12/11/17 às 21:55 - Atualizado às 21:54 Rodolfo Luis Kowalski
Leandro Vilela (à esquerda): volante se recuperou dentro do prazo (foto: Geraldo Bubniak)

Não foi apenas a convincente vitória na última sexta-feira que fez aumentar as probabilidades de o Paraná Clube garantir o retorno à elite do futebol brasileiro. É que o confronto contra o Luverdense marcou também o retorno de dois importantes reforços ao time para a reta final da Série B: o volante Leandro Vilela e o meia-atacante Minho.
O volante de 24 anos, titular absoluto do clube da Vila Capanema na temporada, havia ficado 42 dias fora de combate por conta de uma lesão muscular na coxa. Não jogava desde a 27ª rodada, quando o Paraná perdeu por 1 a 0 para o Figueirense fora de casa. Na última rodada, entrou aos 18-2º na vaga de Gabriel Dias, ajudando o time a garantir a vitória.
“A gente quando não pode jogar fica mais nervoso. Eu vinha numa ansiedade, uma agonia para voltar a jogar. Foi muito importante jogar esse pouquinho, pegar mais confiança e me sentir seguro, e também ajudar o Paraná nessas três partidas”, disse o jogador em entrevista à Rádio Transamérica.
Se Vilela voltou dentro do prazo estipulado pelo departamento médico, o caso de Minho já pode ser considerado uma surpresa. No dia 30 de agosto, quando o Paraná encarou o Flamengo pela Primeira Liga, o jogador acabou sofrendo uma lesão do menisco do joelho esquerdo. Inicialmente, a previsão era de que só voltaria a treinar em 2018. Contra o Luverdense, porém, o jogador já apareceu como opção no banco de reservas.
Agora, resta saber se o meia-atacante conseguirá recuperar a condição de jogo para ajudar seu time na reta final da competição. O próximo jogo é na terça-feira, em Recife, contra o rebaixado Santa Cruz. No último sábado, os jogadores passaram por reavaliação médica e física no clube. O único atleta que segue no DM é Guilherme Biteco, que rompeu o tendão de Aquiles em meados de junho e precisou passar por uma cirurgia. Só deve voltar aos gramados no próximo ano.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop