Marca de vestuário gaúcha procura primeiro franqueado em Curitiba

29/11/17 às 15:33 - Atualizado às 16:01 Da Redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Divulgação/Assessoria de imprensa)

 

Com 42 lojas instaladas e uma história que começou em 1986, em Porto Alegre, a rede gaúcha de moda feminina Rabusch volta seus olhos para o mercado paranaense. Das 16 novas unidades que pretendem abrir em 2018, 10 estão destinadas às principais cidades do Paraná.

Umas das cidades escolhidas pela marca gaúcha é Curitiba, onde a rede já procura seu primeiro franqueado. A Capital possui 1,8 milhão de habitantes e tem o perfil que a rede busca para abertura de novas lojas. O varejo é bastante receptivo e o setor de vestuário em Curitiba movimenta mais de R$ 189 milhões ao ano. No Estado entre todos os segmentos, as franquias movimentaram R$ 25,70 bilhões em 2016 conforme pesquisa realizada pela Rizzo Franchise - e aponta crescimento em 2018 tornando o negócio ainda mais atrativo para novos investidores. A Capital é a cidade que mais interessa para as franquias no Estado. 

Para facilitar a entrada da marca no Paraná e ciente da atual situação econômica do país, a Rede reduziu 50% do valor da taxa de franquia para o franqueado investir em estoque inicial ou mesmo capital de giro. Ou seja, os novos franqueados pagam R$ 30mil de taxa de franquia e reinvestem os outros R$ 30 mil em produtos, para inaugurar com o estoque em dia.

O interesse da rede no Estado se comprova quando pesquisa realizada pela Rizzo Franchise aponta que o número de unidades franqueadas instaladas no Estado saltou de 14.033 em 2014 para 16.129 em 2016 gerando uma receita de R$ 25,7 bilhões. As três cidades mais receptivas para as franquias no Estado são Curitiba, Londrina e Maringá. Somente em Curitiba, o setor de vestuário movimenta R$ 189 milhões ao ano.

As lojas da Rabusch têm um conceito clean e as coleções são criadas com a intenção de vestir mulheres de sucesso com estilo neotradicional. Hoje, o investimento inicial para ter uma loja da rede é a partir de R$ 220 mil. As franquias da Rabusch possuem entre 50m² e 70m² e a rede oferece todo o treinamento necessário para os novos franqueados e auxílio na escolha do ponto comercial.

"A escolha do Paraná como meta de expansão é natural, dado os indicativos econômicos do Estado e nosso estudo para o plano de expansão que aponta perfil dos potenciais clientes. As principais cidades do Paraná possuem o perfil exato de clientes que buscamos e, além disso, recebemos muitos contatos de shoppings que gostariam de receber uma de nossas lojas em seu mix. Existe mercado e vamos explorá-lo. Os novos franqueados paranaenses, tenho certeza, irão prosperar rapidamente no Estado", explica Alcides Debus, fundador da Rabusch.

A Rabusch busca franqueados em cidades com pelo menos 80 mil habitantes e já possui alguns pontos mapeados em shoppings das cidades de Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel. Cidades como São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Colombo, Guarapuava, Paranaguá, Araucária, Toledo, Apucarana, Pinhais, Campo Largo, Arapongas, Almirante Tamandaré, Umuarama, Cambé e Piraquara também interessam à rede, que acredita no potencial econômico do estado.

RABUSCH – ficha técnica

- Investimento inicial: A partir de R$ 220 mil

- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 30 mil

- Capital de Giro: A partir de R$ 50.000,00

- Taxa de royalties: Inclusa no custo do produto, portanto não incide sobre o faturamento ou sobre as compras realizadas

- Taxa de Propaganda:1,5% FB

- Faturamento médio mensal de uma loja: A partir de R$ 70.000,00

- Metragem mínima de uma loja: 40m²

- Lucratividade do franqueado: Aproximadamente 15% do faturamento líquido

- Retorno do investimento: Entre 24 e 36 meses

- Número de funcionários media por loja: 4

- Tempo de contrato: 60 meses

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop