Porsche Panamera E-Hybrid: luxo sustentável

Opções híbridas do sedã esportivo da marca chegam com opções V6 e V8.

20/12/17 às 19:23 - Atualizado às 21:16
Esportivo com motor V6 tem 462 cv e V8 680 cv (foto: Divulgação)

A nova geração do Porsche Panamera chega ao Brasil com a opção da motorização híbrida. O Panamera 4 E-Hybrid conta com motor V6 a gasolina e um elétrico para entregar um total de 462 cv de potência. Já o Turbo S E-Hybrid, topo da linha, traz motor V8 e um elétrico. Custam respectivamente R$ 529.000 e R$ 1.233.000.

O modelo 4 E usa suspensões pneumáticas com controle ativo e rodas de 20 polegadas. Com 5,05 m de comprimento, 1,95 m de largura e 1,42 m de altura, o Panamera 4 tem 2.170 kg e acelera de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos, com velocidade máxima de 278 km/h. Rodando apenas com o motor elétrico, a autonomia fica entre 25 km e 51 km (dependendo do uso), mesmo sem usar o V6, ele chega a 140 km/h de velocidade final.

Os dois Panamera E-Hybrid contam com ar-condicionado de quatro zonas, rodas de 20 polegadas, amortecedores adaptativos, bancos esportivos com revestimento de couro e regulagem elétrica e teto solar elétrico. O Porsche Panamera nasceu com a ideia de oferecer um nível de performance similar ao 911, mas com mais luxo e capacidade para levar quatro ocupantes. Com o conjunto híbrido, acrescenta-se mais luxo, pois em modo elétrico, não há ruído dentro da cabine.

Em modo híbrido, os propulsores trabalham em conjunto de forma a compensar os momentos em que o V6 não está no pico de entrega de performance com o torque instantâneo do elétrico. Nos modos Sport e Sport Plus, ambos focam na entrega de aceleração ao extremo. O consumo declarado para Panamera 4 E-Hybrid é de 18 km/l em uso urbano e 26 km/l no uso rodoviário.

A bateria que alimenta o motor elétrico pesa 130 kg e leva cerca de quatro horas para dar uma carga completa usando uma tomada de 220V e 20A.

O Panamera topo de linha o conjunto híbrido tem um V8 4.0 biturbo e a potência total junto ao motor elétrico chega a 680 cv e 86,6 kgfm de torque. O modelo também tem tração integral e usa a mesma transmissão do Panamera 4 E-Hybrid. Mas a aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 3,4 segundos e a velocidade máxima chega a 310 km/h. De série, o Panamera Turbo S E-Hybrid tem suspensão pneumática com controle ativo, teto solar panorâmico, eixo traseiro direcional, assistente de visão noturna, sistema de som Premium, Park Assist com câmeras de estacionamento de 360 graus, ar-condicionado automático de quatro zonas, portas com fechamento por sucção, escape esportivo e freios de composto de carbono cerâmica.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop