Aplicativos

26/12/17 às 00:00
(foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

A prefeitura de Curitiba informou, em resposta a pedido do vereador Bruno Pessuti, que arrecadou entre setembro e novembro deste ano R$ 2,4 milhões em impostos das empresas que operam aplicativos de transporte individual de passageiros, regulamentado pelo decreto municipal este ano. “A estimativa de arrecadação anual é de 12 milhões, que será revertida em benefício à população. Todos os serviços públicos serão contemplados com a regulamentação dos aplicativos”, relatou o vereador.

Plano B
O senador Roberto Requião (PMDB) confirmou que além de estar sendo sondado pelo PT para ser candidato a vice em uma chapa encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência da República, vem sendo cogitado também para substituir o próprio Lula, caso o petista tenha a sua candidatura impugnada pela Justiça. Nesse caso, Requião migraria para o PT e concorreria como candidato da legenda.

Senado
Caso emplaque seu nome para a eleição nacional, Requião ficaria de fora da disputa por uma das vagas para o Senado que estarão em jogo no ano que vem no Paraná. Isso também alteraria o cenário da disputa estadual, pois sem o peemedebista no páreo, nomes que hoje hesitam em se candidatar teriam um novo estímulo para isso. Até porque Requião vem liderando as pesquisas para o Senado no Estado e deixaria “órfãos” os eleitores que o indicam como preferido, abrindo espaço para outros candidatos potenciais.

Viaturas
A 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou liminarmente a suspensão de um contrato firmado pela Secretaria de Administração e Previdência do Paraná para manutenção de viaturas do Estado. A decisão atende ação civil pública ajuizada pela 1ª Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público da Capital. O contrato sob suspeita de fraude, de caráter emergencial, destinava-se a serviços a serem prestados para o Polo de Manutenção Regional da Seap de Londrina, com duração de 180 dias.

Superfaturamento
Segundo apurou o Ministério Público, o então diretor do Departamento de Transporte Oficial do Estado teria intencionalmente deixado vencer o contrato de manutenção com a antiga empresa, para caracterizar situação de emergência. Cientes disso, dois empresários, em suposto conluio com o então diretor, criaram uma empresa em nome de uma terceira pessoa, para participar da contratação emergencial. Além disso, os dois empresários apresentaram falsas propostas para a contratação, de modo a direcionar o resultado em favor da empresa criada. Segundo o MP, foi comprovado ainda que houve superfaturamento dos preços de serviços e peças.

Leilão
A Assembleia Legislativa arrecadou R$ 4.060.000,00 com pregão realizado para contratar uma instituição financeira para gerir a folha de pagamento da Casa. Poderiam participar do certame bancos públicos e privados. Dois se habilitaram para disputar o processo, o Banco Santander e o Banco Itaú. De acordo com o edital, a oferta mínima estipulada pela Assembleia era de R$ 3.887.151,73. O Itaú, que já presta este serviço para a Casa, apresentou o maior lance para ter o direito de atuar por cinco anos.

Memória
O senador Alvaro Dias (Podemos) recebeu um colete e uma gravata que foram usados pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek. Luiz Alberto Felício Pimenta dos Santos, sobrinho-neto e afilhado de JK, esteve no gabinete para entregar as peças e uma carta desejando sorte ao senador na campanha à presidência da República.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Política em debate
Política em Debate Escola sem partido
Política em Debate Homem da mala
Blogs
Ver na versão Desktop