Motorista que não pagar o Dpvat pode ser acionado na Justiça ao envolver-se em acidente

13/01/18 às 14:49 - Atualizado às 22:34 Da Redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Arquivo/AN-PR)

É época de pagamento do seguro Dpvat, o seguro obrigatório para cobrir atendimento e indenizações em acidentes de trânsito. O Dpvat deve ser pago no vencimento do IPVA, embora não tenha multa ou juros em caso de atraso. O presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Paraná (Sincor-PR), José Antonio de Castro, explica que se o condutor do veículo não pagar o Dpvat não arcará com juros ou multa, mas não poderá quitar o licenciamento do veículo, que normalmente é pago no segundo semestre do ano. "O pior é que se se envolver em algum acidente não estará coberto e ainda poderá ser acionado judicialmente para ressarcir a seguradora pelos pagamentos que precisará fazer aos envolvidos", destaca.

Um levantamento da Seguradora Líder, que administra o Seguro DPVAT, registrou aumento de 24% no número de indenizações de janeiro a novembro de 2017 em relação a igual período de 2016. As indenizações pagas pelas despesas médico-hospitalares aumentaram 7% no período. O único índice que caiu foi o de invalidez, com redução de 15%.

No geral, o número total de indenizações caiu 9%. Foram 392.037 de janeiro a novembro de 2016 e 355.238 em 2017. Este foi um dos motivos que fizeram com que o valor pago pelos motoristas tivesse redução de 35% em 2018. Só a categoria "motos" não registrou queda, mas também não houve aumento em relação aos valores pagos em 2017.

O Sindicato dos Corretores de Seguros do Paraná (Sincor-PR), que está localizado em Curitiba, mas possui escritórios em diversas cidades do Paraná, presta atendimento gratuito a todos os envolvidos em acidentes ou familiares que precisem dar entrada em processos para recebimento do seguro. O tempo de espera para receber o seguro é de aproximadamente 30 dias.

O telefone para mais informações é 0800-415100 (ligação gratuita). O atendimento telefônico é das das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 18 horas e o atendimento pessoal das 8h30 às 11 horas e das 13h30 às 17h30. Em Curitiba o Sincor-PR fica na Rua Reynaldo Machado, 1.309, no Prado Velho. Para conhecer todos os endereços no estado acesse http://portal.sincor-pr.org.br/sincor-institucional/dpvat

O valor da indenização em caso de morte é de R$ 13.500; invalidez, até R$ 13.500,00 e despesas médico-hospitalares, até R$ 2.700. O prazo para solicitar o seguro é de três anos.

Este ano o prêmio do Seguro DPVAT não poderá ser parcelado para nenhuma categoria de veículo. Do valor arrecadado, 45% vai para o SUS, 5% para o Denatran (campanhas educativas) e os 50% restantes para os pagamentos das indenizações e despesas administrativas.

 

1 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

antonio carlos
c quem não paga nada acontece o quê? Conheço um montão de gente que não paga nada e anda na boa. Por mim também não pagaria mas como o carro não é meu, pagam.
Blogs
Ver na versão Desktop